Injeções de insulina causam enjoo?

Escrito por edward j. lamb | Traduzido por jullius peixoto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Injeções de insulina causam enjoo?
Injeção de Insulina (National Institute of Standards and Technology)

Insulina não causa enjoo. Se você usar insulina injetável para controlar o açúcar no sangue e começar a sentir fome anormalmente ou náuseas, o açúcar no sangue é provavelmente muito baixo ou muito alto. Aprende a reconhecer quando você precisa ajustar seu nível de açúcar no sangue, ou tomar uma dose de insulina, porque é essencial para manter a sua saúde

Outras pessoas estão lendo

Conheça sua insulina

O tipo e quantidade de insulina injetável que você precisa controlar sua diabetes vai depender do seu nível de atividade, dieta, saúde geral, outros medicamentos, viagens e horário de trabalho. A revista de educação de pacientes de edição de janeiro de 2009 da Associação Americana de Diabetes "Diabetes Forecast" inclui um excelente resumo de quais tipos de insulina são prescritos para o efeito. O artigo está no link abaixo, mas a sua lição para levar para casa é que "a escolha da insulina, que é mais adequado para você é uma colaboração entre você e seu prestador de cuidados de saúde."

Tenha certeza que você discuta com o seu prestador de cuidados de saúde e compreende qual a insulina que você deve tomar, quando você deve tomar injeções, como você possa medir doses, como a insulina deve parecer quando você medir e o que fazer se você perder uma injecção programada. Siga as instruções de uso de insulina exatamente, e certifique quaisquer recomendações dietéticas ou exercício recomendados

Use boa técnica de injeção

Para garantir que você obtenha a dose correta de insulina, sempre use o mesmo tamanho de seringa e agulha. Sempre usando uma agulha nova e limpando seu local de injeção com álcool antes de administrar insulina vai ajudar a evitar infecções. Além disso, movendo o local da injecção irá manter a dor desnecessária ou danos à sua pele

Reconheça açúcar no sangue

Se você injete muita insulina, está doente, bebe álcool, faça mais exercício do que o habitual, ou pule uma refeição, o açúcar no seu sangue pode cair muito. Chamada hipoglicemia, esta condição pode causar a fome, irritações, tremores, tonturas e vertigens, fraqueza, dor de cabeça e falta de jeito. Normalmente, comer um pedaço de doce, ou beber um pouco de suco de frutas irá aumentar o açúcar no seu sangue, o suficiente para melhorar os sintomas. Se você não tratar a hipoglicemia rapidamente, você pode ficar confuso, ter convulsões ou desmaios. Contacte o seu médico imediatamente se tiver qualquer um dos sintomas mais graves de hipoglicemia

Reconheça açúcar elevado no sangue

Tomando pouca insulina leva a uma condição chamada hiperglicemia, que é marcado pela fome extrema, dor de estômago e vómitos, sede excessiva, visão embaçada, falta de ar e diminuição da consciência. Avise seu médico se você tem esses sintomas. Ficando sem solução, açúcar elevado no sangue pode resultar em cetoacidose diabética, um colapso potencialmente fatal de tecido gordo no organismo

Evite interações de medicamentos

Duas dúzias de tipos de medicamentos interagem com insulina. Fale com o seu fornecedor se você tomar qualquer dos seguintes , porque você pode precisar de ter a dose da medicação ou sua insulina ajustada :

• Bloqueadores alfa , tais como doxazosina ( Cardura de Pfizer ) e a tansulosina ( Flomax da Boehringer Ingleheim ) • Inibidores da enzima conversora da angiotensina ( IEC) , como enalapril (por exemplo, Vasotec de Biovail ) • Os esteróides anabólicos • Inibidores de apetite • Asparaginase ( Elspar da Merck ) • Aspirina • Beta-bloqueadores como o carvedilol ( Coreg da GlaxoSmithKline) • Os corticosteróides • Diazoxide (por exemplo, Proglicem da Teva ) • Diuréticos • Epinefrina • Estrogênio • Os contraceptivos hormonais • Isoniazida • Inibidores da MAO , tais como fenelzina ( Nardil da Pfizer) • Niacina • Octreotide (por exemplo, Sandostatin da Novartis ) • Medicamentos para diabetes orais • Fenitoína (por exemplo, a partir de Novartis Dilantin ) • Quinino • Quinidina • Antibióticos Sulfa • Medicamentos da tireóide , como a levotiroxina (por exemplo , a partir de Synthroid Abbott ) • Tranquilizantes como clorpromazina (por exemplo, clorpromazina da GlaxoSmithKline)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível