O que são as lentes objetivas de um microscópio?

Escrito por cynthia ruscitto | Traduzido por jesse mourao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são as lentes objetivas de um microscópio?
As lentes objetivas de microscópio são aquelas mais próximos da amostra examinada (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os microscópios ajudam os cientistas a ver objetos que são invisíveis a olho nu. Um tipo bem comum, conhecido como microscópio composto, usa lentes e luz para ampliar uma imagem. Ele tem dois sistemas de lentes: a ocular (ou lente ocular), sendo a que recebe o olhar direto do observador; e as objetivas, que ficam diretamente acima do objeto observado. As lentes objetivas têm diferentes poderes de ampliação. Bons microscópios compostos possuem lentes acromáticas, convergentes e divergentes.

Outras pessoas estão lendo

Estrutura

Uma lente objetiva é formada, na verdade, por lentes múltiplas dentro em um cilindro de metal, chamado barril objetivo, medindo alguns centímetros de altura e mais ou menos um centímetro de diâmetro. Na parte superior do cilindro há um parafuso que fixa a lente objetiva em um tambor objetivo rotativo sobre microscópio. O tambor rotativo tem três ou quatro lentes de diferentes ampliações e permite ao observador alternar de uma para outra lente, como for necessário. Especificações gravadas no lado do cilindro fornecem informações tais como o tipo de ampliação e a resolução de cada lente objetiva.

Ampliação

Um microscópio tem normalmente três ou quatro lentes objetivas, cada uma delas oferece uma potência diferente de ampliação - geralmente 4X, 10X, 40X e 100X - indicada no seu barril por um número e um código colorido. A ampliação total obtida usando uma lente especial é determinada multiplicando-se o poder da lente ocular, normalmente 10X, pelo da lente a ser utilizada. Por exemplo, o aumento total conseguido ao usar uma objetiva de 4X será esse valor multiplicado por 10X, ou seja, 40X. As cores dos códigos das lentes de 4X, 10X, 40X, e 100X são, respectivamente, vermelho, amarelo, azul e branco. Quanto maior a força de ampliação fornecida pela lente, maior o seu comprimento.

Funções

A objetiva de 4X também é chamada de objetiva de varredura. Embora essa lente ofereça o mínimo de ampliação, ela oferece um campo de visão maior e permite procurar por objetos que possam passar despercebidos em níveis mais elevados de ampliação. A objetiva de 10X, ou de baixa potência, permite a observação da estrutura geral de um objeto. As de 40X, ou lente objetiva de alta potência mostra objetos em grande detalhe. Pelo fato de as lentes de alta potência serem posicionadas muito próximas ao objeto examinado, elas são suscetíveis a danos causados ​​pelo contato com a lâmina da amostra, por esta razão, essas lentes possuem molas e são retráteis. Já a objetiva de 100X é chamada de lente de imersão em óleo. A colocação de uma gota de óleo de imersão sobre a parte superior de uma lâmina preparada elimina o espaço de ar entre a amostra e a lente e aumenta a resolução da imagem. E quando isso é feito em conjunto com técnicas de coloração apropriadas, certas características das células tornam-se visíveis.

Características adicionais

Lentes objetivas diferem em sua capacidade de corrigir falhas ópticas, chamadas aberrações, que diminuem a claridade da imagem. A luz branca é composta de diferentes cores que se refratam em ângulos diferentes, quando passa pela lente. A incapacidade da lente em trazer todas as cores para um foco comum provoca franjas coloridas ao redor da imagem. As lentes acromáticas são projetadas para compensar tais aberrações de cor. E as lentes convergentes e divergentes permitem ao usuário mudar de uma lente para outra sem precisar "re-centralizar" ou "refocar" o objeto, respectivamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível