Como limitar o tráfego de rede com um roteador Cisco

Escrito por josienita borlongan | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como limitar o tráfego de rede com um roteador Cisco
Roteador Cisco (OoOoxmodsoOoO/Morguefile)

Se você é administrador de rede em uma empresa, pode perceber que às vezes aparece uma grande quantidade de tráfego. Para evitar uma sobrecarga da rede e remover o tráfego desnecessário, você pode limitar a taxa conhecida como "Committed Access Rate" (CAR, Taxa de acesso garantida). Gerencie a sua rede de forma efetiva certificando-se de que o tráfego não solicitado não afetará a passagem dos dados importantes. Você deverá estar familiarizado com comandos de rede básicos da Cisco e com redes no geral para poder realizar esta tarefa.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Roteador Cisco

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Habilite o CEF (Cisco Express Forwarding) no roteador Cisco. A maioria dos aparelhos normalmente não têm a função habilitada (exceto os da série 7). Os códigos necessários são os seguintes: Router# config t Router(config)# ip cef Router(config)#

  2. 2

    Crie uma ACL (Access Control List, "Lista de controle de acesso") para definir o tráfego que quer limitar. Use o comando "config-acl" no modo de configuração. Digite um número entre 1 e 99 para definir a descrição ou sintaxe da ACL. Para saber os códigos específicos, revise o link na seção "Recursos".

  3. 3

    Configure as políticas da CAR digitando o comando "rate-limit" e usando a lista de controle de acesso como referência. Indique as direções e larguras de banda corretas na interface mais próxima do tráfego de origem. Digite o comando da seguinte forma: rate-limit {input | output} [access-group [rate-limit] acl-index] bps burst-normal burst-max conform-action action exceed-action action

  4. 4

    Entenda o que cada elemento da sintaxe significa de acordo com as definições da Cisco. "Input" aplica regras de CAR aos pacotes recebidos na interface; "Output" as aplica aos pacotes enviados a partir dela. "Access Group" aplica as políticas a uma lista de controle de acesso especificada e é um parâmetro opcional. "Rate-limit" também não é obrigatório e permite indicar que a lista de controle limita a taxa de tráfego. Outro parâmetro opcional é "acl-index" (o número de ACL) e "bps" é a taxa em bits por segundo. "Burst normal" é o tamanho normal de burst em bytes e "burst-max" é a medida máxima. "Conform-action" é um comando que se aplica a pacotes em referência à taxa limite e "action" os referencia baseando-se em palavras-chave como "continue" e "drop". Finalmente, "exceed-action" é a ação que deve ser aplicada aos pacotes cuja taxa exceda o limite.

  5. 5

    Revise bem as entradas e monitore o tráfego da rede. Faça as alterações que forem necessárias.

Dicas & Advertências

  • A "Committed Access Rate" aparece por padrão como "desabilitada" na interface.
  • Você pode usar o a CAR apenas com tráfego IP (Protocolo Internet).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível