O mofo negro pode causar pneumonia?

Escrito por megan allyce snider | Traduzido por valeria jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O mofo negro pode causar pneumonia?
O mofo negro é extremamente perigoso para os seres humanos e animais (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A pneumonia pode ser causada pela inalação de partículas estranhas repetidamente. Essas partículas encontram seu caminho para os pulmões, criando doenças e uma tosse crônica à medida que os pulmões tentam livrar-se delas. A existência de pneumonia pelo mofo negro, no entanto, está em discussão, mesmo entre os médicos. Isto é, quer ele crie uma reação alérgica ou pneumonia, o bolor negro pode matar e é altamente tóxico. Procure o médico imediatamente caso tenha inalado esporos por um longo período de tempo e não deixe quaisquer sintomas sem tratamento.

Outras pessoas estão lendo

Mofo negro

O mofo negro, conhecido como Stachybotrys ou mofo negro tóxico, é extremamente perigoso para os seres humanos e animais. Ele requer uma quantidade considerável de umidade para realmente crescer. Os porões com vazamentos de água ou prédios abandonados com vedações, rejunte em placas de gesso, papel de parede ou teto danificados são todos propícios ao crescimento de bolor negro. Ele é um fungo e produz micotoxinas que são prejudiciais para os seres humanos.

Enfermidades relacionadas

Algumas doenças relacionadas com micotoxinas de mofo negro são asma, câncer, doença pulmonar, hemorragias nasais, erupções na pele, tosse, fadiga e dificuldades de aprendizagem. Pessoas com um sistema imune baixo, crianças pequenas, idosos ou aquelas com alergias graves podem ser afetadas pelo mofo negro muito rapidamente. Se ele entra em contato com a pele, deixa grandes verrugas ou feridas que têm de ser removidas cirurgicamente. A sinusite pelo mofo negro deve ser tratada cirurgicamente também. Ela pode causar edema e fazer com que as regiões inchadas produzam coriza, causando dor constante.

O debate da alergia

Uma grande parte das pessoas desencoraja classificar as doenças pelo mofo negro como pneumonia. Os indivíduos com alergias sugerem que a inalação do mofo negro não causa pneumonia, mas sim uma reação alérgica grave, tal como erupções cutâneas, asma, olhos lacrimejantes, espirros e tosse. A maioria das pessoas descrevem-na como tendo uma reação alérgica ou resfriado grave.

O debate da pneumonia

Os pacientes com sistemas imunes mais fracos, tais como aqueles que sofreram transplante de órgãos ou crianças, podem desenvolver um caso grave de pneumonia pelo mofo negro, de acordo com uma publicação conjunta da University of Florida em 2006 por M. Hong Nguyen e Frederick Southwick, Doutores em medicina. Uma vez que o mofo negro é inalado para os pulmões e pode alojar-se na cavidade sinusal ou espalhar-se para o cérebro e a corrente sanguínea, ele parece ser mais grave do que uma alergia ou resfriado grave. Por essas razões, alguns cidadãos e pesquisadores profissionais sentem-se à vontade para classificá-lo como pneumonia. Ele parece ter efeitos terríveis sobre as pessoas, tais como problemas pulmonares.

Sintomas graves

O mofo negro tem o potencial de causar efeitos secundários terrivelmente perigosos pela exposição, incluindo a morte. Alguns dos sintomas são dores de cabeça, olhos vermelhos, tosse e dificuldade respiratória, infecções do trato urinário, asma (com exposição crônica), hemorragia nos pulmões e brônquios, irritação no nariz e garganta, erupções cutâneas, urticária, alterações na pressão arterial, dor visceral em virtude de danos no fígado ou nos rins, problemas digestivos, náuseas, dificuldade de concentração, fadiga, tonturas, perda de memória e infertilidade (com exposição crônica a altos níveis de mofo negro).

Tratamento

Se sentir quaisquer sintomas, consulte o médico. Há muitas maneiras de livrar-se de uma invasão pelo mofo, tais como impedir o acúmulo de umidade em determinados ambientes ou áreas, usar água sanitária para matá-lo, isolar um quarto infectado e usar sabonete e desinfetantes. Após o mofo ser totalmente removido, a saúde deverá recuperar-se.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível