O que fazer se a corrente da motosserra não gira

Escrito por eric blankenburg | Traduzido por ed russo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que fazer se a corrente da motosserra não gira
Quando a motosserra para, você deve procurar o componente que está impedindo o virabrequim de girar (Chain saw against firewood pile image by Andrzej Thiel from Fotolia.com)

A corrente de uma motosserra precisa funcionar em alta velocidade, acima de 10.000 rpm's, para que qualquer obstáculo na hora de cortar faça com que ela gire lentamente ou pare. O virabrequim, localizado dentro do bloco do motor, faz girar a parte da embreagem, que por sua vez é ligada a um volante, que transfere o movimento à corrente. O motor possui um sistema de freio que interrompe todo o mecanismo. Qualquer um dos componentes internos pode fazer com que a corrente pare de girar.

Outras pessoas estão lendo

Verificando o sabre e a corrente

O problema mais comum é um pedaço de madeira preso entre o sabre e a corrente da motosserra, e ele não precisa ser grande para fazer com que ela pare de girar. Desligue a motosserra e desmonte o sabre e a corrente. Limpe bem e verifique os anéis e uniões da corrente para ter certeza de que os dentes não estejam tortos ou quebrados. Procure no sabre por qualquer amassado ou outra imperfeição que possa impedir um bom funcionamento da corrente. Verifique se as engrenagens da motosserra estão lubrificadas e girando corretamente.

Embreagem e volante

Você deverá remover toda a embreagem para poder verificar se há danos, e muitas motosserras necessitam de uma ferramenta especial para ter acesso à essa parte. Veja se o volante ou as engrenagens não possuem ranhuras profundas ou marcas de uso. As três molas dentro da embreagem, usadas para engatar os discos em movimento, podem quebrar ou ficarem gastas com o uso, fazendo com que o movimento de rotação do virabrequim e do eixo da embreagem não seja transmitido para a corrente.

Mecanismo de freio de segurança

Antes de tentar qualquer reparo, você deve sempre verificar o mecanismo de freio do motor, que consiste em uma fita ligando a parte de trás da embreagem em uma mola, responsável por frear a embreagem quando a mola é solta. Se o mecanismo estiver na posição "On" (ligado), a corrente vai estar travada e não vai girar. Depois de remover a embreagem, você pode ter acesso à mola e alavanca do sistema de freio. Se preciso, remova a fita e verifique se ela é grossa o bastante.

Mecanismo do alternador

O mecanismo do alternador também é ligado ao virabrequim, oposto à embreagem e, quando gira, produz a faísca do módulo de ignição. O mecanismo é conectado ao motor via uma fina chave de metal que, em caso de impactos mais severos, pode entortar, fazendo com que o virabrequim e a embreagem não girem.

Motor fundido

Na pior das hipóteses o motor pode ter fundido. Se você só usa gasolina ou possui uma motosserra velha, o pistão dentro do cilindro pode estar danificado, comprometendo toda a unidade. Na maioria das vezes você não conseguirá nem dar partida no motor e nem conseguirá puxar a corda de ignição. Caso o pistão não esteja completamente fundido, com apenas alguns pontos de quebra, você poderá notar a corrente parando de rodar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível