Mudanças climáticas causadas pela alteração da polaridade da terra

Escrito por lissabeth ross | Traduzido por fernando telles
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Mudanças climáticas causadas pela alteração da polaridade da terra
O deslocamento dos polos magnéticos da terra não causa preocupação (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A terra tem um polo norte e um polo sul magnéticos. No entanto, eles nem sempre estiveram localizados no mesmo lugar e continuam a se mover. Essa mudança de polaridade pode ter algum efeito sobre o clima do planeta, embora não haja evidências científicas suficientes para confirmar se esse fato realmente altera o clima ou até que ponto as mudanças climáticas são resultado dessa mudança de polaridade.

Outras pessoas estão lendo

História da mudança de polaridade

O campo magnético da terra tem uma história de instabilidade. O fenômeno já ocorreu inúmeras vezes ao longo dos últimos bilhões de anos e, em média, o campo se inverte a cada 200 mil anos, mas não segue um cronograma definido. A última inversão ocorreu há mais de 780 mil anos. Além disso, os polos podem se deslocar ao longo do tempo. O polo norte magnético tem constantemente mudado de posição. Durante o século 20, ele se movia em direção ao norte com uma velocidade de cerca de dez quilômetros por ano. Recentemente, essa valor chegou próximo a 40 quilômetros anuais.

Chuva

A ligação mais forte entre as mudanças de polaridade e o clima vem de um estudo realizado em 2009 pelos geólogos Mads Faurschou e Peter Riisager, que detectaram uma possível relação entre o aumento de chuva em áreas de baixa latitude e o aumento de partículas de raios cósmicos galáticos como resultado da variação no campo magnético. Ao estudar as formações de cavernas, os cientistas foram capazes de localizar atividades anteriores desses raios e concluíram que há relativamente uma boa correlação entre este fato e as mudanças no campo magnético. Partículas de raios cósmicos galáticos se espalham entre as nuvens, levando a um aumento da precipitação. Esses raios são partículas de alta energia emitidas por supernovas, estrelas de nêutrons, buracos negros e nosso próprio sol que viajam através do espaço.

Grandes eventos climáticos

Não há nenhuma evidência que confirme existir, de fato, uma correlação entre os eventos climáticos de grande porte, como tempestades de neve, furacões e tornados, com as mudanças nos polos magnéticos da terra. Apesar de alguns terem tentado relacionar os eventos climáticos recentes ao deslocamento dos polos magnéticos, tais alegações ainda são consideradas duvidosas pelo simples fato de de que o polo magnético tem sofrido alterações há mais de um século. Os cientistas podem fazer uma ligação desses eventos climáticos inusitados com as mudanças de temperatura do oceano, que não mostra qualquer evidência de que esteja sendo afetada pela mudança de polaridade terrestre.

Ciência fajuta

Alegar que as mudanças de polaridade da terra ou que a inversão dos polos magnéticos irão resultar em eventos climáticos desastrosos não possuem nenhuma base científica. Nenhuma pesquisa descobriu que o campo magnético da terra tem algum efeito sobre o clima do planeta. As únicas tempestades que são resultado da mudança de polaridade são as tempestades magnéticas, que na verdade nem são eventos climáticos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível