Como passar marchas em uma Honda Shadow Spirit 750

Escrito por seth barker | Traduzido por philipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como passar marchas em uma Honda Shadow Spirit 750
Passar a marcha corretamente em uma moto ajuda na economia de combustível (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Passar a marcha corretamente em uma Honda Shadow Spirit 750 reduzirá efetivamente o consumo de combustível e, também, prolongar sua vida útil evitando desgaste da transmissão, do câmbio e do motor. A Honda Shadow Spirit 750 possui uma transmissão manual de cinco velocidades. O modelo é configurado com um padrão de passada de marcha "uma à baixo e quatro à acima".

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Marcha à cima

  1. 1

    Ligue o sistema elétrico (meia-chave) na motocicleta, mas não ligue o motor. Cheque se a motocicleta está no neutro. Caso contrário, puxe totalmente a alavanca da embreagem e pressione a alavanca de câmbio para baixo com seu pé esquerdo várias vezes até parar de "clicar". Você está agora em primeira marcha.

  2. 2

    Posicione seu pé abaixo da alavanca de câmbio, com a alavanca da embreagem ainda pressionada, e suba "meio-clique". Uma luz indicadora na cor verde deverá se iluminar, confirmando que a transmissão está no neutro. Caso contrário, repita o procedimento até essa luz acender.

  3. 3

    Sente na motocicleta na posição de pilotagem com seus pés firmemente apoiados no chão, puxe a embreagem totalmente e segure-a. Pressione o botão "Start" para ligar o motor. Uma vez que a luz de pressão do óleo não mais esteja acesa, prepare-se para partir.

  4. 4

    Segurando a moto na posição vertical a partir da posição sentada, com a alavanca da embreagem ainda totalmente acionada, apoie mais peso para o lado direito da moto e use o pé esquerdo para pisar na alavanca de mudança de marchas até ouvir um notável "clique". Vai soar como se a corrente tivesse ficado mais apertada, uma vez que a transmissão foi engatada.

  5. 5

    Devagar, solte a alavanca da embreagem enquanto mantém o equilíbrio, até que uma velocidade segura, de aproximadamente 4 a 8 km/h, seja alcançada. Isso permitirá que o motociclista coloque ambos pés nos apoios respectivos e se prepare para passar a segunda marcha.

  6. 6

    Suavemente, acelere a motocicleta até que pare de ganhar velocidade ou até que as rotações por minuto atinjam um alto valor, usualmente entre 19 e 24 km/h (o fabricante recomenda 19 km/h).

  7. 7

    Puxe totalmente a alavanca da embreagem e mude para a segunda marcha, soltando o acelerador, colocando o pé sob a alavanca de câmbio e levantando-a até ouvir e sentir um notável "clique". Lembre-se, o padrão de mudança para esta motocicleta é uma à baixo, quatro à cima, fazendo a segunda marcha ser um "clique" para cima. Solte a alavanca da embreagem de uma forma moderadamente rápida, porém suave, para engatar a segunda marcha e em seguida dê aceleração à moto.

  8. 8

    Acelere da mesma forma na terceira, quarta e quinta marchas. O fabricante recomenda mudança para terceira marcha aos 30 km/h, quarta marcha aos 40 km/h e quinta marcha aos 50 km/h. Estas velocidades podem variar dependendo do terreno e do tráfego em que você estiver. Use seu melhor critério, mas certifique-se de não deixar o funcionamento do motor em uma rotação muito alta por muito tempo antes de mudar de marcha.

    Reduzindo marchas

  1. 1

    Solte o acelerador para parar a aceleração ou se o motor parecer que está "tracionando". Puxe a alavanca da embreagem e pise sobre a alavanca de câmbio até ouvir e sentir um "click", em seguida, lentamente solte a embreagem. Isto é "reduzir a marcha". Quando soltar a embreagem, as rotações irão subir. Quando o motor mantém um ronco constante e não áspero, então a marcha estará adequada para a velocidade em que está pilotando.

  2. 2

    Selecione a marcha apropriada para a velocidade que estiver pilotando. Ao reduzir a marcha, é possível reduzir todas elas, até aingir a primeira marcha, pisando sobre o passador quatro vezes e escutando um "clique" distinto cada vez.

  3. 3

    Cuidado ao reduzir a marcha, pois "sobre-acelerar" o motor, selecionando uma marcha que é muito baixa para a velocidade em que você está viajando, pode danificar a transmissão e o motor.

Dicas & Advertências

  • Solte o acelerador e puxe a embreagem totalmente antes de passar a marcha.
  • Estude a sensação que sinaliza o ponto em que a transmissão se engata para soltar a alavanca de embreagem. Isso ajudará as transições de marchas a serem mais suaves.
  • Evite usar a técnica de redução de marcha para parar a motocicleta. Isso pode causar danos ao motor e à transmissão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível