Pode o patrimônio líquido de uma empresa de sociedade limitada ser negativo?

Escrito por john lister Google | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pode o patrimônio líquido de uma empresa de sociedade limitada ser negativo?
Há vários fatores que interferem no valor patrimonial de uma empresa (Duncan Smith/Photodisc/Getty Images)

Uma empresa de sociedade limitada combina elementos de sociedades e corporações. Como qualquer empreendimento com ações em bolsa, ela tem um valor denominado patrimônio líquido, que mostra quanto vale a empresa em dado momento. Esse valor pode ser negativo, o que indica, de forma não inequívoca, que há sérias dificuldades financeiras envolvidas.

Outras pessoas estão lendo

Sociedades limitadas

As sociedades limitadas estão regidas por artigos do Código das Sociedades Comerciais e do Código Civil da República Federativa do Brasil. Elas detêm características semelhantes às das sociedades, como a tributação executada a partir do imposto de renda dos associados, e de corporações, como a responsabilidade limitada - que significa que não será possível executar o patrimônio de apenas um dos sócios para saldar dívidas da empresa. Os donos desse tipo de empreendimento são, no Brasil, formalmente denominados "sócios".

Patrimônio líquido

Patrimônio líquido é o valor total do patrimônio empresarial menos o valor total de suas obrigações. É o valor contabilizado da empresa, efetivo frente aos sócios. Em tese, é o que seria dividido entre os associados caso os débitos fossem esgotados e a empresa extinta.

O balanço patrimonial da associação poderia levar em conta o patrimônio dos donos ou dos membros em vez do patrimônio líquido.

Patrimônio negativo

Patrimônio negativo é um problema bastante sério e possível em qualquer empreendimento. Como esse número leva em conta o dinheiro investido pelos proprietários, não significa pura e simplesmente "estar no vermelho": significa que a empresa não apenas teve um desempenho lamentável, mas que houve diminuição do patrimônio dos proprietários.

É uma situação que pode resultar de déficits orçamentários em tempos difíceis. No entanto, outras causas não tão problemáticas são possíveis: pode ser um indicativo de várias responsabilidades de longo prazo, como gerenciamento de débito, que não é necessariamente um problema se a empresa gera lucros consistentemente a cada ano fiscal. Pode significar também que os donos têm retirado mais dinheiro que o gerado pelos lucros - se essa prática puder ser controlada, poderão ser evitados vários problemas futuros.

Consequências

O patrimônio líquido negativo não é por si só uma sentença de morte, mas é um forte indicador de que poderão haver problemas com fluxo de caixa com posterior falência ou liquidação patrimonial. Se isso ocorrer, pode ser que não seja possível distribuir os bens da empresa entre os associados, fazendo-os perderem o dinheiro aplicado no negócio. Isso só não ocorrerá se houver erros na contabilidade do valor patrimonial e das obrigações da empresa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível