Mais
×

Como pintar em estilo cubista

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Às vezes, a arte cubista parece arbitrária e aleatória a olho nu, mas na verdade os artistas destroem suas figuras metodicamente com cuidado e de propósito. Aprenda a enxergar o mundo do ponto de vista cubista e pinte com esta visão única.

Instruções

Pintura em estilo cubista

    Pense como um cubista

  1. Rejeite a ideia clássica de beleza. O cubismo não se importa em agradar a estética externa, mas foca em como os olhos e a mente entendem a beleza, o que não é tão fácil.

  2. Desconfie de imagens completas. O julgamento de uma imagem não pode ser puro se as pessoas forem influenciadas por memórias de coisas parecidas. Um cubista considera que a imagem é representada de acordo com o espaço em perspectiva (como visto a olho nu), que é artificial, criado por influências passadas.

  3. Imite as quebras de uma imagem em sua mente, por exemplo, se você olhar para uma pessoa, o seu cérebro imagina como esta pessoa é e como ela se parece de todos os ângulos. Os cubistas tentam reproduzir esse processo mental em suas pinturas.

    Pinte no estilo do cubismo analítico

  1. Analise o formato do objeto e quebre a imagem em formas básicas e geométricas. Não limite a análise apenas ao lado frontal do objeto. Considere cada perspectiva.

  2. Pinte em cores simples e monocromáticas. Os cubistas usavam principalmente tons de cinza e azul, e as cores eram utilizadas para dar dimensão e textura às formas tridimensionais.

  3. Coloque as variadas imagens juntas em um plano bidimensional e pinte as formas e texturas de todos os ângulos do desenho. Tente não deixar nenhuma perspectiva ou forma de fora da pintura.

    Pinte no estilo do cubismo sintético

  1. Pense em uma cena que gostaria de pintar e em todas as ideias que vêm junto com a cena. O cubismo sintético leva em consideração essas ideias diferentes e coloca todas juntas em um único tema.

  2. Use diversos materiais em sua pintura, porque o estilo do cubismo sintético é uma técnica mista, então você pode incluir o que quiser, por exemplo, pintura, tinta, recortes de jornal e tecido.

  3. Incorpore o cubismo analítico em sua pintura. Pegue suas ideias e técnicas mistas e coloque-as juntas em uma tela para retratar um tema de múltiplas perspectivas geométricas.

Dicas

  • Dois artistas principais, Picasso e Braque, criaram o cubismo. Portanto, não existe jeito melhor de entender as sutilezas do estilo do que estudar as obras-primas destes dois mestres.
  • Existem dois tipos principais de cubismo: o analítico e o sintético, então procure pinturas dos dois estilos antes de decidir qual você quer fazer.

O que você precisa

  • Tinta acrílica ou a óleo
  • Papel ou tela
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article