Produtos químicos utilizados em aulas de Química no ensino médio

Escrito por julia barrus | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Produtos químicos utilizados em aulas de Química no ensino médio
Reativo ou não reativo?

Os produtos químicos usados na Química escolar não diferem muito dos utilizados em laboratórios químicos comuns. A diferença no ambiente, porém, afeta seu uso e potencial de causar situações perigosas. Ao comprar, instruir e conduzir experiências com produtos químicos, precauções de segurança e descarte correto de resíduos são essenciais.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de produtos químicos

Produtos químicos normalmente encontrados em um laboratório escolar devem ser armazenados e classificados como orgânicos ou inorgânicos. Substâncias inorgânicas que costumam aparecer em laboratórios escolares incluem sulfatos, carbonatos, nitritos, peróxidos, boratos e ácidos (exceto ácido nítrico). Substâncias orgânicas incluem alguns ácidos, álcoois, ésteres, éteres, sulfidos e fenóis. Dentro das categorias de substâncias orgânicas e inorgânicas, algumas não podem ser colocadas perto de água ou outros compostos. Manuais de segurança de laboratórios químicos devem ser consultados antes de produtos químicos serem colocados em laboratório escolar.

Armazenamento

Ácidos devem ser armazenados numa gaveta separada dos demais produtos. Ácido nítrico deve ser armazenado longe dos demais ácidos, a menos que a gaveta para ácidos tenha um compartimento separado. Produtos químicos devem ser organizados por compatibilidade, sendo que substâncias altamente voláteis nunca devem ser colocadas próximas de compostos que possam causar reação. As gavetas com compostos altamente voláteis devem ser bem ventiladas. Produtos químicos tóxicos devem ser guardados em uma gaveta de venenos com um aviso claramente visível do lado de fora. Essa gaveta deve ser trancada em segredo todo o tempo e aberta apenas quando ordenado pelo instrutor. Obtenha um depósito para líquidos inflamáveis e todos os compostos inflamáveis.

Reduzindo o lixo

Lixo ou poluição é sempre um problema quando quantidades de qualquer substância perigosa são usadas, experimentadas e então descartadas. Muitos professores substituem tais substâncias por outras, menos tóxicas, que produzem reações químicas similares, mas em menor escala. Certas doses de produtos químicos podem ser diminuídas para prevenir a produção de resíduos em excesso, posto que essas substâncias e experiências são feitas por centenas de estudantes num único dia. Vídeos de demonstrações podem eliminar a produção de resíduo ao mostrar uma experiência e sua reação resultante sem realmente realizá-la.

Substitutos

Para manter seguro o ambiente da sala de aula, muitos professores substituem os produtos químicos voláteis por outros menos voláteis. Por exemplo, termômetros digitais eliminam a ameaça de um termômetro de mercúrio quebrado. Carbonato de cobre é um substituto aceitável para cromato de chumbo, além de diversas opções disponíveis. Muitas vezes, itens comuns de casa, como peróxido de hidrogênio ou sabão líquido, contêm todos os elementos necessários para fazer uma experiência sem criar um ambiente perigoso de aprendizado.

Descarte de resíduos

Cada região possui regulamentos sobre o descarte de lixo tóxico. Em geral, esses resíduos são considerados perigosos se for intangível, corrosivo, tóxico ou reativo. Há outros guias dados pela agência local de proteção ao meio ambiente para o descarte desses resíduos. Todos os demais devem ser jogados fora em um recipiente apropriado e de preferência biodegradável. Há também procedimentos para retirar a toxicidade desses resíduos. Cada produto químico é diferente, mas, normalmente, um produto potencialmente perigoso pode se tornar seguro com a adição de outros elementos, a fim de descarte apropriado.

Experiências comuns

A maioria das experiências em laboratórios escolares resulta em produtos que surpreendem ou cativam os alunos do ensino médio. Algumas experiências comuns incluem criar um polímero grudento usando corantes alimentícios, goma guar e bórax. Outros envolvem os alunos criando cristais com cana-de-açúcar e água. Uma experiência popular e de alto interesse para alunos envolve bicarbonato de sódio, detergente, zinco, vinagre e ácido clorídrico para criar reações químicas diferentes. Os estudantes geralmente respondem melhor às experiências que dão resultados comuns e imediatos.

Não perca

Recursos

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível