Quais os fatos interessantes sobre o bioma marinho?

Escrito por erik arvidson | Traduzido por mário candi tsuge
Quais os fatos interessantes sobre o bioma marinho?
O bioma marinho sustenta uma grande variedade de espécies (NA/AbleStock.com/Getty Images)

O bioma marinho domina a superfície da Terra, com oceanos, recifes de corais e estuários cobrindo cerca de três quartos da superfície do planeta. Os oceanos contêm a mais rica diversidade de espécies de qualquer outro lugar, enquanto as algas marinhas absorvem uma grande quantidade de dióxido de carbono atmosférico e fornecem a maioria do suprimento de oxigênio da Terra. A água da chuva para as áreas terrestres é fornecida pela evaporação das águas do oceano.

Contexto

De acordo com o Museu de Paleontologia da University of California, nos Estados Unidos, os biomas são as "grandes comunidades do mundo" e são caracterizados pela maneira específica com que os seres vivos se adaptam para cada ambiente. A Terra é feita de seis tipos de biomas: marinho, água doce, deserto, floresta, savana e tundra. O bioma marinho é de longe o maior. A água tem uma influência muito grande no calor, o que significa que os vastos oceanos desempenham um papel vital em manter a temperatura do planeta razoavelmente constante. Além disso, vários bilhões de plânctons fotossintéticos fornecem a maior parte da fotossíntese para o planeta.

Ecossistemas

O bioma marinho é dividido em três ecossistemas distintos: oceanos, recifes de corais e estuários. Os oceanos, que incluem o Pacífico, Atlântico, Índico, Antártico e Ártico, estão interligados e cobrem cerca de 71% da superfície da Terra. Em algumas áreas, o oceano é mais profundo do que as montanhas mais altas do mundo. Por exemplo, a Fossa das Marianas no Oceano Pacífico atinge um profundidade de cerca de 10 m. Os recifes de corais estão localizados em águas rasas e quentes, e são compostos principalmente de corais, que são uma combinação de algas e pólipos. Vários peixes, ouriços do mar, invertebrados, micro-organismos e outros seres vivos moram nesses recifes. Os estuários são as áreas onde riachos ou rios de água doce encontram o mar. Eles suportam muitos tipos de espécies, incluindo ostras, caranguejos, aves aquáticas e a macroflora, como as algas e os pântanos de água salgada.

Espécies

Os ecossistemas marinhos do mundo são o lar de uma variedade impressionante de espécies, desde os fitoplânctons e zooplânctons microscópicos até o maior mamífero que já viveu na Terra: a baleia-azul de 200 toneladas. Esses ecossistemas também incluem uma variedade de espécies de peixes, incluindo o linguado, cavala, Squalus acanthias, lula, tamboril e outros. Muitos pássaros, como aves limícolas, gaivotas e andorinhas chamam o ecossistema marinho de casa. Os recifes de corais são lar de algumas das maiores diversidades de espécies marinhas do planeta.

Características únicas

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, existe uma característica única sobre os ecossistemas marinhos que os separam dos outros, que é a presença de compostos dissolvidos – especialmente sais e cloro – nas águas. Esses compostos dissolvidos dão à água do mar o gosto salgado, evitando que os oceanos congelem em tempo frio e afetando a composição geral das espécies em habitats específicos. Os organismos que vivem no bioma marinho devem adaptar-se às variações no nível de sal como resultado de mudanças no clima e a influência de água doce dos rios, riachos e estuários. Entre esses organismos que desenvolveram a capacidade de adaptar-se aos níveis de sal estão os mexilhões, moluscos e cracas.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível