Quais são os perigos de combustão espontanea em musgo de turfa molhado?

Escrito por mary beth magee | Traduzido por eduardo chagas
Quais são os perigos de combustão espontanea em musgo de turfa molhado?
Quando os blocos de musgo de turfa secam, eles fornecem combustível para aquecimento e culinária (blanket bog image by guiney from Fotolia.com)

Combustão ou ignição espontânea sem uma fonte externa ocorre quando uma substância inflamável atinge uma temperatura alta o suficiente para pegar fogo. Para várias formas de biomassa, combustão espontânea ocorre sob as condições adequadas. A prevenção foca em evitar a combinação de condições que possam levar a combustão.

Fonte

Musgo de turfa resulta de plantas de esfagno mortas comprimidas pelo novo crescimento. Através dos séculos as camadas de plantas mortas se acumulam para criar um brejo esponjoso e úmido que pode ter vários metros de profundidade. Colhedores comerciais removem as plantas vivas e drenam o brejo. A camada exposta de musgo de turfa seca, e um equipamento a vácuo o leva para superfície para coletar a matéria de planta seca. Outro método de colheita envolve cortar seções do musgo no brejo e empilhá-los para secar.

Importância

Musgo de turfa desempenha um grande papel em jardinagem, tanto como aditivo para o solo como meio de envasamento. A habilidade de segurar a umidade do musgo ajuda a condicionar solos pobres. Algumas áreas do mundo usam o musgo de turfa como fonte de aquecimento por sua combustibilidade. Por exemplo, na Irlanda, fogos de musgo de turfa ajudam na ambientação dos pubs. Rússia, Irlanda e Finlândia também geram energia ao queimá-lo.

História

Incêndios de musgo de turfa extensivos no passado parecem mostrar um grande nível de perigo de combustão. Na verdade, o perigo vem da dificuldade de se extinguir um incêndio causado por ele. Como as camadas do musgo se fixam nos contornos da topografia, o brejo pode se estender em várias direções por grandes distâncias no subsolo. Um fogo no condado de Santa Barbara, Califórnia, começou em setembro de 2000 e queimou durante um ano. Um fogo descoberto em 1927 em Los Angeles já tinha queimado por vários anos sem ser detectado, de acordo com o Los Angeles Times.

Considerações

Enquanto alguma possibilidade de combustão espontânea existe, a maioria dos incêndios de musgo de turfa começa de outras maneiras. Um perigo de ignição muito maior vem de fontes exteriores, como pontas de cigarro, raios e fios de alta tensão soltos. O incêndio de 2000 no condado de Santa Barbara começou quando um fio de alta tensão solto acendeu um arbusto seco e ele se espalhou para o musgo. Drenar um brejo com musgo de turfa ou as áreas em torno podem fazer com que o musgo seque e tenha maior inflamabilidade.

Fogos de musgo de turfa soltam uma fumaça pungente que pode ser perigosa para aqueles que a respiram, especialmente aquelas com problemas de pulmão.

Avisos

Os bombeiros podem encontrar dificuldades de apagar incêndios de brejos com musgo de turfa. O fogo pode se estender por vários metros de profundidade no brejo ou por uma grande distância no subsolo fora de vista. O musgo queima devagar, sendo parte de sua atração como fonte de combustível mas um problema para um fogo incontido. Chame profissionais imediatamente se um incêndio com musgo de turfa ocorrer.