Mais
×

Como remover tinta seca de pisos de madeira e rodapés

Atualizado em 20 julho, 2017

Remover tinta de madeira pode ser um pouco desafiador. Se as manchas de tinta são pequenas, você pode precisar apenas de uma espátula e um pouco de lixa. Mas se desejar remover uma área maior de tinta, ou se a mancha é mais teimosa ou está em um lugar de difícil acesso, então provavelmente precisará de removedor de tinta, uma pistola de calor, e possivelmente até mesmo uma grande lixadeira cilíndrica para madeira. Se os rodapés são cobertos em bastante tinta, então é muito mais fácil remover os rodapés antes de iniciar o processo para que possam ser colocados em um local plano.

Instruções

Use removedor de tinta e uma ferramenta afiada para tirar a tinta de locais de difícil acesso (wooden texture image by AGITA LEIMANE from Fotolia.com)

    Removendo pequenas áreas de tinta

  1. Remova pequenas manchas de tinta com uma espátula. Arraste-a sobre a pintura para ver se isso levantará a mancha. Se não, enfie a espátula logo abaixo da superfície da tinta para romper a adesão entre a tinta e o revestimento de madeira, e empurre. Tenha cuidado para não arrancar a madeira ou criar farpas ao raspar.

  2. Remova a tinta teimosa com uma pistola de calor ou removedor de tinta. Segure a pistola de calor de 2,5 a 5 centímetros de distância da superfície e mantenha-se movendo-a lentamente para que a madeira não queime. Depois, use uma espátula para remover a tinta velha imediatamente, caso contrário ela secará rapidamente e formará uma pasta difícil de remover.

  3. Aplique uma camada grossa de removedor de tinta à tinta seca restante. Siga as instruções do fabricante para a aplicação e remoção, mas deixe-o ali tempo suficiente para que a tinta se dissolva, isto é, no mínimo, 10 minutos, mas pode demorar mais.

  4. Raspe a tinta velha e o removedor com a espátula e limpe em jornal. Neutralize o removedor seguindo as instruções do fabricante, geralmente com panos e água com sabão.

  5. Lixe a área levemente com uma lixa fina.

  6. Passe um pano absorvente para remover toda a poeira lixada e reaplique verniz se necessário.

    Removendo grandes áreas de tinta

  1. Remova rodapés delicadamente afastando-os para longe da parede com um formão largo ou pé-de-cabra. Exerça pressão sobre a base sólida da parede, e não o revestimento, para não danificar a parede. Vá progredindo ao longo do rodapé, erguendo-o gradualmente. Não retire puxando por um lado, pois isso pode rachar ou quebrar o rodapé.

  2. Remova quaisquer pregos usando a cunha do martelo.

  3. Aplique uma camada grossa de removedor de tinta na parte da frente do rodapé. Siga as instruções do fabricante para a aplicação e remoção, certificando-se de deixar tempo o suficiente para dissolver a tinta; que é pelo menos 10 minutos, mas pode ser mais.

  4. Limpe a tinta velha antes que seque ou endureça, e depois limpe em jornal. Deixe secar antes de jogar fora.

  5. Lixe o rodapé levemente com lixa fina para remover qualquer resíduo de tinta restante. Se o rodapé tem ranhuras difíceis de alcançar, eles podem exigir uma nova dose de removedor. Use uma escova de dentes, uma espátula triangular ou uma pequena chave de fenda para tirar a pintura derretida das ranhuras, com cuidado para não danificar a madeira. Dobre uma lixa ao meio e use o vinco nestas ranhuras.

  6. Lixe o piso usando uma lixa cilíndrica alugada ou uma lixadeira de cinta grande. Comece diagonalmente com a lixa grossa, e então seguindo o sentido da madeira com a lixa média, finalizando com a lixa fina.

  7. Lixe os cantos do piso com a lixadeira de canto. Faça a lixadeira se mover de lado para prevenir marcas circulares. Você só precisará lixar até cerca de 1 cm da parede, já que o rodapé cobrirá o piso.

  8. Substitua os rodapés. Pregue abaixo da superfície e preencha os buracos com preenchimento de madeira.

  9. Aspire toda a poeira dispersada pela lixa, e limpe com um pano para que o piso fique pronto para a aplicação de verniz.

Dicas

  • Ao usar o removedor de tinta, lixa ou a pistola de calor, você provavelmente danificará ou removerá o acabamento original. Se você está apenas removendo a pintura de determinados pontos no rodapé e no chão, você provavelmente terá que substituir o acabamento (incluindo tinturas) para combinar com o resto do rodapé e do chão.
  • A madeira escurece com a idade, de modo que quando se trabalha com madeira velha você pode acabar clareando a madeira, mesmo que não tenha sido envernizada. Neste caso, use um corante para assegurar que a madeira recém-reparada fique da mesma cor que o restante da madeira. Se a diferença de cor é sutil, tente usar chá forte ou café para envelhecer a madeira.
  • Tenha cuidado para não espirrar água demais ao neutralizar o removedor de tinta e ao remover a tinta antiga, pois ela pode ficar entre as tábuas do assoalho e danificar a madeira.

Aviso

  • Sempre use um respirador quando trabalhar com lixas, pois a poeira pode ser tóxica. Use roupas e equipamentos de proteção ao trabalhar com ferramentas elétricas e removedor de tinta: óculos de segurança, protetores auriculares, luvas de borracha e calçados resistentes. Proteja a pele contra derramamento do removedor, vestindo roupas adequadas. Não use roupas folgadas (lenços, mangas desabotoadas, calças largas) ao operar uma ferramenta elétrica.

O que você precisa

  • Espátula
  • Pistola de calor
  • Removedor de tinta
  • Jornal velho
  • Panos
  • Água e sabão
  • Lixa (fina)
  • Pano absorvente
  • Formão largo ou pé-de-cabra
  • Escova de dentes, espátula triangular ou uma pequena chave de fenda
  • Martelo com gancho
  • Pregos finos
  • Lixadeira de cilindro ou lixadeira de cinta (opcional)
  • Lixadeira de canto (opcional)
  • Lixas grossa, média e fina (opcional)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article