Síndrome vestibular em gatos

Escrito por cate burnette | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Síndrome vestibular em gatos
Gatos mais velhos são suscetíveis à síndrome vestibular (cat image by JASON WINTER from Fotolia.com)

Se você observar seu gato cambaleando, batendo em móveis, com a cabeça inclinada para um lado e incapaz de andar em linha reta, você pode -- compreensivelmente -- preocupar-se que tenha ocorrido uma lesão grave ou que ele tenha uma doença. Embora certamente deva levá-lo ao veterinário, a causa mais comum desses sintomas é a síndrome vestibular, uma doença do ouvido interno.

Outras pessoas estão lendo

Significância

O sistema vestibular felino contribui para o equilíbrio do gato em relação à gravidade e ao chão. Ele também controla os músculos dos olhos para que as imagens fiquem em foco e fixas, ajudando a controlar a postura do gato e o movimento muscular. Composto por três canais semicirculares da orelha interna do gato e as células ciliadas dentro desses canais que percebem o movimento fluido, este sistema do corpo se conecta diretamente ao nervo vestibular. Esse nervo corre para um feixe de nervos chamado de centro vestibular, que termina dentro do tronco cerebral. De acordo com o Dr. Roger L. Welton do Maybeck Animal Hospital: "Doenças de qualquer parte deste sistema levam a disfunções de equilíbrio, orientação espacial e equilíbrio geral."

Causas

Seu gato pode desenvolver a doença vestibular de repente e sem doenças prévias. Normalmente encontrada em gatos mais velhos e mais comumente diagnosticada no final do verão e no outono, esta síndrome é mais frequentemente idiopática (que significa sem causa conhecida), de acordo com os veterinários do Mar Vista Animal Medical Center. Se o gato tem uma história de infecções do ouvido médio, ou existe suspeita de uma lesão cerebral que pode ser a causa dos sintomas da doença, ela será a mesma versão idiopática da doença.

Sintomas

Os sintomas típicos da síndrome vestibular incluem uma inclinação significativa da cabeça (geralmente para o lado do ouvido afetado), andar sem coordenação, tontura, quedas e nistagmo (movimento ocular repetitivo, para frente e para trás). Seu gato pode tornar-se desorientado e gritar em confusão, recusando-se a se mover. Alguns gatos vão circular repetidamente em uma direção, e tornam-se enjoados pelo movimento. Seu animal de estimação pode apresentar alguns sinais de paralisia facial e alterações oculares, incluindo a queda da pálpebra do olho "errante".

Diagnóstico e tratamento

Seu veterinário vai analisar o histórico e realizar um exame médico completo no gato, incluindo um exame neurológico e de ouvido, antes do começo do tratamento. Ele pode recomendar a execução de exames de sangue e de urina para determinar a saúde geral do seu animal de estimação e, possivelmente, utilize raios-x ou tomografia computadorizada da cabeça. Depois que todas as outras doenças são descartadas e os diagnóstico de síndrome vestibular for feito pelo veterinário, o tratamento começará.

A maioria dos gatos com doença vestibular resolvem o problema com pouco ou nenhum tratamento ao longo de algumas semanas, de acordo com o site Vetinfo.com. Seu veterinário pode sugerir uma medicação para enjôo como meclizina (Antivert) ou difenidramina (Benadryl) para aliviar alguns dos sintomas e ajudar o seu bichinho a se sentir mais equilibrado.

Precauções

Muitos donos de animais se preocupam que seus gatos tiveram acidentes vasculares cerebrais por causa da inclinação da cabeça e do caminhar cambaleante, mas os testes de diagnóstico geralmente descartam isso, de acordo com o site PetPlace.com. Outros problemas que podem fazer um gato apresentar sintomas semelhantes incluem traumatismo craniano, infecções do ouvido interno, câncer ou pólipos no ouvido médio, deficiência de tiamina e toxicidade de metronidazol (um antibiótico gastrointestinal).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível