Sintomas de ataque apoplético em cães

Escrito por eva vans | Traduzido por elisa lacerda de freitas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas de ataque apoplético em cães
Assim que a convulsão parar, seu cão pode ficar exausto (dog image by Trav from Fotolia.com)

Um olhar perdido, tremores ou salivação excessiva são alguns dos sintomas apresentados por cães durante um ataque apoplético. Ao longo de sua vida, você pode ter um cão que entre em convulsões ou ter um amigo que seja dono de um. Compreender como um ataque apoplético se desenvolve e reconhecer quando ele ocorre permite que você tome as medidas necessárias para ajudar seu animal de estimação. Mesmo que seu cão não esteja sentindo nenhuma dor durante um ataque apoplético, ele pode mostrar sinais de medo e confusão. Reconhecer os sintomas de cada etapa de uma convulsão pode salvar a vida de seu cachorro.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas antes de um ataque apoplético

A fase pré-ictal começa antes da convulsão ocorrer. Ela pode preceder um ataque apoplético por segundos ou horas. Seu cão pode apresentar sinais de inquietude, mudanças de humor, nervosismo, apreensão, tremores, ganidos ou salivação. Se você notar algum desses sintomas, remova os outros cães da área, no caso de eles atacarem o animal. Mantenha seu cão calmo e fale com ele de maneira tranquilizadora. Anote todas as informações sobre esse estágio para informar ao veterinário sobre tudo o que acontecer.

Sintomas durante um ataque apoplético

Quando a convulsão se inicia, o estado muda para a fase ictal. O ataque apoplético pode variar entre apenas um olhar distante e um caso grave de convulsões. Durante essa fase, o animal pode parecer rígido e até mesmo cair no chão. Você pode observar movimentos incontroláveis e espásticos dos músculos. Em alguns casos, a perda de controle do intestino ou da bexiga ou extrema salivação ocorrem. Se seu animal de estimação estiver completamente fora de controle e debatendo as pernas, uma crise epiléptica está ocorrendo. Nessa fase, ele pode não estar lúcido o suficiente para reconhecer seus arredores. Se isso durar mais de cinco minutos, pode ser um estado de mal epiléptico, que é um ataque prolongado que pode necessitar de atendimento emergencial. Continue a anotar os detalhes para que você possa descrever a situação ao veterinário .

Sintomas após um ataque apoplético

A fase pós-ictal ocorre assim que as convulsões cessam. Seu cão pode parecer confuso, desorientado e ficar com um olhar fixo causado pela cegueira temporária. A salivação pode continuar a ser excessiva. Essa fase pode durar alguns minutos ou até vários minutos. É importante acalmar seu cão com uma voz baixa e fazê-lo se sentir seguro. Essa última fase também é importante e deve ser registrada. Anote o tempo de duração de cada fase. Muitos tipos de doenças envolvem convulsões como um dos sintomas. Todas as informações que você puder fornecer ao veterinário irão ajudá-lo a determinar a causa dos sintomas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível