Sistemas de irrigação para plantas caseiras

Escrito por maria tussing | Traduzido por jessica lopes bonifacio
Sistemas de irrigação para plantas caseiras
A criação ou a compra de um sistema de irrigação de plantas em casa pode manter as plantas saudáveis ​​e exige menos do seu tempo (Plant image by Platinum Pictures from Fotolia.com)

Plantas caseiras têm necessidades específicas de água, que variam em cada espécie, localização, temperatura e tipo de pote. Sistemas de irrigação automáticos podem ajudar a um zelador a manter as plantas saudáveis, mas pode resultar em excesso de irrigação ou água insuficiente para algumas plantas. Mesmo com um sistema de irrigação automático, o zelador precisa prestar atenção às condições das plantas e ajustar a água, se necessário.

Necessidades de irrigação

Todas as plantas têm diferentes necessidades de água. Algumas plantas precisam ficar completamente secas, antes de serem regadas, enquanto outras devem ficar uniformemente úmidas o tempo todo. Quando o topo da planta estiver seco, a planta deve ser regada. No entanto, o excesso de irrigação é muitas vezes um problema tão grande para as plantas caseiras quanto não receberem água suficiente. Plantas caseiras precisam de mais água em condições quentes e secas no verão e no inverno (aquecedores ou fornos deixam o ar mais seco). Além disso, vasos de barro não vidrados puxam a água do solo. Plantas com folhas grossas e enceradas (como áloe vera) exigem irrigação menos frequente do que as plantas com muitas folhas exuberantes e lisas (como gerânios).

Sistemas de irrigação comerciais

Sistemas de irrigação automáticos de plantas estão comercialmente disponíveis e podem ser importante tê-los, especialmente para cuidar das plantas enquanto você está de férias. Estes sistemas de irrigação usam um reservatório de água, uma série de tubos e um temporizador, para regar suas plantas. Elas precisam ser unidas em uma área relativamente pequena e os tubos são configurados para passar de uma planta para outra. Para cada planta, o tubo tem uma pequena torneira, que é empurrada para dentro do solo. Cada torneira é ajustável, permitindo fornecer mais água para plantas maiores. O cronômetro pode ser ajustado para fornecer a quantidade de água que as plantas precisam. Dependendo do sistema, isso pode funcionar até duas semanas, mas o reservatório de água terá que ser recarregado. O custo para um desses sistemas geralmente começa em torno de R$ 100.

Sistemas de irrigação caseiros

Com um pouco de planejamento e alguns materiais de aquários, você pode fazer um sistema de irrigação caseiro semelhante aos comerciais. Um sistema de irrigação caseiro utiliza tubulação, válvulas e acessórios, uma bomba de aquário e um temporizador. Pode ser necessário fazer algumas experiências com o temporizador e a bomba, para se certificar de que não estão regando suas plantas em abundância. Enquanto uma bomba pode ser capaz de bombear muitos litros por minuto, ela deve bombear apenas uma fração disso. Se estiver usando um sistema de irrigação comercial ou um caseiro, nunca deixe em uso apenas quando estiver pronto para sair de férias. Experimente-os por várias semanas, para obter os ajustes corretos. Esse sistema pode custar em torno de R$ 50, dependendo do tamanho do sistema que você precisa.

Lâmpadas de irrigação

Lâmpadas de irrigação são normalmente feitas com bicos longos de vidro com formas de canudos que ficam na sujeira ao redor das plantas. A lâmpada é preenchida com água e, como a planta seca que absorve a água a partir da ampola de irrigação através do bocal, mantém a planta totalmente úmida. Você pode precisar de mais do que uma lâmpada de irrigação para plantas maiores ou para aquelas sob luz solar direta. Verifique o nível de água no bulbo frequentemente e reabasteça, quando necessário. Observe a condição da planta, para garantir que a lâmpada de irrigação esteja regando adequadamente e sem excesso.

Irrigação manual

Regar as plantas com as mãos é o sistema mais eficaz e saudável para usar, se você for capaz de dar para as plantas a atenção e o cuidado de que necessitam. Para regar as plantas com as mãos, primeiro cheque-as, para ver se estão secas. Se precisarem de água, evite o uso de água diretamente da torneira. Os produtos químicos e sais nesses sistemas podem se acumular e matar as plantas. Encha um recipiente com água e deixe descansar por um ou dois dias, em temperatura ambiente, para permitir que os produtos químicos e os sais evaporem.

Isso também ajustará a água em uma temperatura mais saudável, para as plantas caseiras. Forneça para as plantas água suficiente para que escorra pelos buracos de drenagem no fundo, depois de um minuto. Se os vasos não tiverem buracos de drenagem, substitua por vasos que tenham -- drenagem é necessária, para plantas saudáveis.

​​Deixe os potes nos recipientes que pegam o excesso de água por algumas horas, depois despeje o excesso de água.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível