Sobre as cartas convites para vistos

Escrito por brian brown | Traduzido por diego morais
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre as cartas convites para vistos
Cartas convites para obtenção de visto de turista (passeport image by free_photo from Fotolia.com)

Um carta convite para obtenção de visto é um documento geralmente utilizado para ajudar um cidadão estrangeiro a obter um visto de turista para entrar em outro país. Esse documento é um convite para visitar um parente ou amigo próximo que é um cidadão ou residente permanente do país de destino. A pessoa que está emitindo o convite é geralmente a que leva responsabilidades, incluindo até mesmo questões financeiras, para com o estrangeiro durante sua visita.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Um carta convite para visto é um documento oficial, frequentemente assinado pelo seu emissor na presença de um tabelião público, que convida o destinatário da carta (um cidadão estrangeiro) a visitá-lo. Neste documento, o emissor declara sua relação pessoal com o candidato ao visto, como também o propósito da visita. Além disso, geralmente esse documento contém a garantia de que o emissor irá hospedar o visitante e será responsável por suas acomodações e despesas enquanto o mesmo estiver no país.

A pessoa que estiver emitindo a carta deve também citar o endereço de sua residência, assim como sua verificação de legalidade no país.

Significado

Embora nem sempre requerida como parte do processo de candidatura ao visto, um carta convite pode ser um fator decisivo para o agente consular conceder ou não a autorização. Essa carta convite é uma prova de que o candidato ao visto tem interesses legítimos de visitar o país e dá ao governo segurança de que um dos cidadãos está sendo responsável pela visita desse estrangeiro. Alguns países, por exemplo Líbia e Turcomenistão, requerem que os candidatos tenham uma carta emitida por uma pessoa (anfitrião) antes de solicitarem o visto de turista. Os Estados Unidos também solicitam cartas convites de países com os quais não possuem constantes relações diplomáticas.

Cronograma

Um turista que deseja visitar um país deve contatar seus parentes ou conhecidos no local de destino e perguntá-los se será preciso uma carta convite. A carta, depois de assinada e oficializada pelo patrocinador da viagem, deve ser enviada ao aplicante do visto, que então irá submetê-la junto com sua inscrição. O período de duração entre a submissão da candidatura e a concessão do visto dependerá do país ao qual você está solicitando. Contudo, a carta convite deve ser escrita pelo menos seis meses antes da sua visita.

Benefícios

Além de aumentar as chances da candidatura ao visto ser aprovada, uma carta convite pode ajudar o candidato a atender os requerimentos de entrada. Por exemplo, alguns países pedem que o visitante tenha um passagem aérea de retorno ou uma certa quantidade de dinheiro para entrar no seu território. Se o solicitante do visto não atender a esses requerimentos, um patrocinador que possa garantir as despesas ou assistência pode ajudar a satisfazer as condições requeridas. Esse é particularmente o caso de pais que viajam para o exterior para visitar os filhos que imigraram para um país. Caso os filhos estejam pagando a viagem, isso pode ser declarado na carta convite.

Aviso

Quando submetida com a inscrição para o visto, muitos países consideram que a carta convite seja um documento oficial. Se uma pessoa falsificar ou deturpar um indivíduo ou suas relações tendo como objetivo facilitar um estrangeiro a obter visto, pode estar infringindo a lei. As cartas convites para obtenção de visto devem ser somente escritas quando o emissor tem uma relação genuína com a pessoa que esteja solicitando a autorização.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível