Sobre a flor cruz-de-malta

Escrito por heidi cardenas | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A cruz-de-malta, também chamada de Maltês ou cruz de Jerusalém, é uma flor perene com folhagem pilosa. Seu nome científico é Lychnis chalcedonica. Ela possui cachos de flores vermelhas com quatro pétalas em formato de cruz. A cruz-de-malta é nativa da Rússia e da Sibéria. Há várias histórias associadas à flor, que acredita-se ter sido levada em viagens pelo Cavaleiros de Malta durante as cruzadas ou através do Oriente Médio, de Jerusalém.

Outras pessoas estão lendo

Aparência

A cruz-de-malta é uma flor alta, perene herbácea, utilizada na parte traseira dos canteiros de flores ou para plantações em massa. As flores vermelhas crescem em cachos no topo de caules altos com folhas pontudas, ovais e verdes, e a planta cresce em montes. As flores cortadas têm boa aparência em buquês com flores amarelas, laranjas e roxas ou com flores brancas, para um arranjo branco e vermelho. O vermelho é atrativo em canteiros mistos, ao longo de cercas e em plantas de base.

Hábitos de cultivo

A cruz-de-malta se propaga a partir de sementes ou de divisões de raízes. Ela retorna ano após ano, se plantada em solo fértil, bem drenado e com bastante sol. Ela cresce melhor com umidificação constante, embora tolere seca e não cresça se regada em demasia; cresce até 1 m de altura e floresce durante todo o verão. Flores altas em áreas abertas podem necessitar de estacas para prevenir danos pelo vento, mas se dão bem em canteiros apertados, especialmente ao longo de uma cerca. As flores secas estimulam florescência futura.

Quando plantar

Para plantar mudas no jardim, semeie em um local fechado algumas semanas antes da última geada da primavera. Você também pode semear diretamente no jardim na primavera, quando o solo estiver aquecido. Separe as plantas mais velhas (as de três a cinco anos de idade), no final da primavera ou no começo do outono, usando uma pá afiada, para cortar os montinhos ao meio e movê-los separadamente para cerca de 60 cm ou para um local diferente.

Como usá-la na paisagem

Use a cruz-de-malta em jardins de corte; em jardins de "amor", com plantas como damas-do-bosque, coração-sangrento e crista-de-galo; ou em plantação em massa. Use um conjunto de cruzes-de-malta para esconder um vista indesejável, como uma unidade central de ar ou um escaninho de adubo. Deixe que as flores semeiem para um estande de cruzes-de-malta grosso em poucas estações. Use uma ou duas cruzes-de-malta em amostra ornamental com flores brancas mais baixas, como álisso, próximo a um banho para pássaros, uma fonte ou uma escultura de jardim.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível