Técnicas práticas para banjo de cinco cordas

Escrito por carl hose | Traduzido por luana ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas práticas para banjo de cinco cordas
Aprenda algumas das principais técnicas de banjo

O banjo de cinco cordas se tornou popular no século 19 quando um menestrel americano, Joel Walker Sweeney de Virginia, se tornou o primeiro homem branco a tocar banjo no palco. Sua versão do instrumento incluía um corpo com estilo de bateria contrastando com os corpos de cabaça dos banjos anteriores, além de introduzir uma quinta corda, com um tom mais agudo que as outras. O banjo de cinco cordas é um instrumento versátil encontrado em músicas country, bluegrass e gospel. Essas dicas e técnicas vão lhe ajudar a aprender como tocar e palhetar um banjo como um profissional.

Outras pessoas estão lendo

Materiais didáticos básicos

Compre um livro de iniciantes para banjo de cinco cordas para utilizar como uma referência enquanto pratica diversas técnicas. Esse tipo de livro vai lhe ensinar como afinar seu banjo e os acordes principais utilizados para tocar o instrumento. Você também pode encontrar tutoriais online úteis para estudos futuros.

Afinando seu banjo

Considere utilizar um afinador digital nas primeiras vezes em que for afinar seu instrumento. Ao longo do tempo, seu ouvido ficará acostumado com o som das cordas e você pode mudar para um afinador do tipo diapasão ou até mesmo afinar com outros instrumentos, mas um do tipo digital vai garantir sua afinação correta no início. As cordas do banjo de cinco cordas são G-C-G-B-D, com o primeiro G começando na corda mais curta (quinta). O tom da corda fica mais agudo ao esticá-la e fica mais grave ao girar as tarraxas para afrouxá-la. Um afinador digital lhe informa se sua nota precisa ser aumentada ou diminuída, além de indicar com uma luz verde quando estiver afinado.

Dedilhado Clawhammer

Utilize a técnica clawhammer (dedilhar com a mão em formato parecido com garra) para combinar melodia e ritmo. O nome descreve a posição da mão quando você executa corretamente a técnica. O polegar da mão direita lembra a parte do gancho de um martelo e seus quatro dedos ficam por cima das quatro longas cordas do banjo. Utilizando essa técnica, você pode usar a corda mais curta como ênfase para o ritmo enquanto dedilha notas de arpeggios com seus dedos.

Dedilhado bluegrass

Utilize seu polegar, dedo indicador e dedo médio para o estilo de dedilhado bluegrass. Essa técnica algumas vezes é referida como dedilhado de três dedos. Esse estilo de tocar é um dos mais frequentemente ouvidos no bluegrass. Para realizar essa técnica, você precisa escolher palhetas apropriadas. Banjistas do estilo bluegrass utilizam palhetas metálicas para o dedo indicador e médio e palheta plástica para o polegar da mão direita. Você pode comprar diversos tipos de palhetas em lojas de produtos musicais.

Rolls (sequências com repetições)

Familiarize-se com as técnicas roll (sequência com repetição). Elas são técnicas que vão lhe permitir tocar como um profissional. Existem três tipos principais de rolls. Eles são o roll de polegar alternativo, o roll para frente e para trás e o roll para frente. O primeiro é quando o polegar da mão direita toca todas as outras notas enquanto você alterna seu dedo indicador e o médio entre as notas do polegar. Essa técnica cria um efeito de varredura. Para executar o segundo tipo de roll citado, mova seus dedos em uma direção sobre as cordas e faça o movimento de volta, um de cada vez, para criar um efeito de rolagem ou continuidade. Essas técnicas são o ponto fundamental do estilo de ritmo ao tocar um banjo de cinco cordas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível