Técnicas de separação em processamento de alimentos

Escrito por stella noble | Traduzido por davi espindola
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de separação em processamento de alimentos
Tecnologias de separação representam cerca de 40 por cento dos custos de processamento na indústria de alimentos (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

A indústria de processamento de alimentos utiliza várias técnicas para transformar ingredientes alimentícios em diferentes formas para os consumidores. As técnicas de separação podem ser usadas para remover cascas de frutas, água de sucos e soro de queijo, por exemplo. Cada técnica de separação é personalizada para a quantidade de resíduos que devem ser removidos e a elasticidade do produto alimentício sendo processado.

Outras pessoas estão lendo

Centrifugação

Esta técnica de separação é normalmente usada em líquidos. Ela pode ser usada para separar os sólidos ou para separar um ou mais líquidos com densidades diferentes daquela do líquido principal. Por exemplo, ela é utilizada para separar os óleos vegetais a partir de outros produtos líquidos do processo de moagem, ou para clarificar bebidas que tenham desenvolvido uma aparência turva por causa de sólidos dissolvidos. O processo de centrifugação envolve girar um recipiente, com a comida em seu interior, em círculos, a uma velocidade alta. Um dos ingredientes se move para o lado de fora do raio de giro, enquanto a máquina de centrifugação tem orifícios separados ou recipientes para recolher o material que gira para fora.

Filtração por membranas

A filtração por membrana envolve forçar uma solução através de uma membrana porosa. A membrana é geralmente projetada para impedir a entrada de substâncias com um grande tamanho molecular. Por exemplo, o leite em pó desnatado é filtrado através de uma membrana destinada a excluir objetos do tamanho de bactérias. A osmose inversa, que remove a água de líquidos, também é considerada um método de filtração por membrana. Ela é por vezes utilizada para concentrar sumos sem aquecê-los, o que protege o seu perfil de sabor e de nutrição.

Separação física

Muitas máquinas são projetadas para remover alimentos sólidos de seus resíduos associados. Por exemplo, há máquinas que tiram as cascas das espigas de milho, e máquinas que removem penas de galinhas antes de serem sacrificadas. Alguns alimentos que são separados mecanicamente são também transformados com produtos químicos para tornar mais fácil a remoção dos resíduos do produto alimentício. Isso às vezes é feito com frutas ou nozes antes de serem descascados. A maioria destas máquinas são especialmente projetadas para o tamanho e textura do produto alimentício utilizado no processo.

Extração

A extração remove alguns compostos alimentares que estão intimamente misturados com outros materiais. Por exemplo, ela é utilizada para remover o açúcar da cana-de-açúcar e a cafeína dos grãos para fazer café descafeinado. Extração envolve a imersão do alimento num solvente que dissolva o produto alimentício ou resíduos de alimentos, seguida da filtragem do solvente ou do uso de centrifugação para separá-lo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível