Técnicas para soldar ferro fundido com solda TIG

Escrito por susan kristoff | Traduzido por max jahnke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas para soldar ferro fundido com solda TIG
Soldar ferro fundido é bastante desafiador (Keystone/Valueline/Getty Images)

Soldar ferro fundido usando uma solda de gás inerte de tungstênio (TIG) é possível, mas será desafiador até mesmo para o mais experiente soldador. O ferro fundido contém muito carbono, variando de três a oito por cento. Este conteúdo de carbono torna o ferro fundido muito frágil e extremamente difícil de soldar. Para fazer isto, é necessário um processo preciso e cuidados de monitoramento da temperatura para garantir a qualidade da solda e evitar o rompimento do próprio ferro.

Outras pessoas estão lendo

Preparação

Remova as ferrugens e óxidos da superfície a ser unida usando um moedor. Uma superfície lisa ajudará a solda a se formar. Antes de soldar, pré-aqueça as partes até pelo menos 260°C ou mais, se possível. Se as partes estiverem muito frias quando a solda começar, o choque térmico no ponto de solda irá fazer o ferro fundido se romper. Se uma solda muito grande for necessária, esta parte precisará ser continuamente aquecida para compensar o resfriamento que ocorre nas bordas. O ferro fundido é extremamente sensível a mudanças de temperatura, portanto mantê-la constante na peça durante todo o processo de solda é importante.

Solda

Selecione um metal de adição baseado na aplicação final. Para peças que não serão expostas a uma mudança significante de temperatura, uma liga de bronze e alumínio é um excelente material. Para peças que precisaram de uma usinagem depois da solda ou que serão expostas a uma mudança de temperatura com frequência, tais como motores, use um metal de adição de níquel. Use uma corrente baixa para soldar, de maneira a prevenir que o estresse residual se acumule. Crie várias soldas curtas em vez de uma solda contínua para evitar que o arco superaqueça. Bater na solda com um martelo de boal enquanto a solda ainda está vermelha ajuda a aliviar o estresse nela que é causado pelo encolhimento do material.

Resfriamento

É extremamente importante deixar que as peças de ferro fundido resfriem lentamente depois que a solda estiver pronta. Se elas resfriarem muito rápido, ficarão mais duras. Metais temperados se tornam ainda mais quebradiços e difíceis de trabalhar, portanto é importante que as peças resfriem durante 12 a 24 horas. Pode ser necessário deixar a peça a uma mudança de temperatura gradual em um forno, baixando-a lentamente, ou enrolá-la com um material isolante, como areia, até que ela fique na temperatura ambiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível