O que o tentilhão-pica-pau come?

Escrito por karen lawson | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que o tentilhão-pica-pau come?
O bico do tentilhão-pica-pau mudou para melhor acesso a fontes de alimento (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Os tentilhões-pica-pau (Camarhynchus pallidus) são encontrados exclusivamente nas Ilhas Galápagos, situadas no Oceano Pacífico, ao largo da costa do Equador. Os animais que vivem nas Ilhas Galápagos evoluíram por sobreviverem em habitats especializados e terem acesso a fontes de alimentos limitadas. O tentilhão-pica-pau é assim chamado porque alimenta-se de pequenos insetos e larvas localizados dentro de árvores e arbustos. Seu hábito de bicar os ramos é semelhante ao do pica-pau que pica sequencialmente um tronco de árvore.

Outras pessoas estão lendo

Ferramentas para coleta de alimentos

Mais interessante do que a comida do tentilhão-pica-pau é o método que eles utilizam para extrair o alimento de arbustos. Eles evoluíram seus métodos de alimentação para incluir o uso de pequenos galhos e agulhas de cacto para capturar larvas e insetos dentro dos ramos de arbustos. Outra espécie de tentilhões de Galápagos, o tentilhão-dos-cactos, não costuma usar galhos ou agulhas de cactos para extrair o seu alimento, mas eles aprenderam o comportamento quando enjaulados perto dos tentilhões-pica-pau cativos.

Hábitos alimentares influenciados pelo meio ambiente

A maioria dos tentilhões são comedores de sementes com bicos cônicos proeminentes para rachá-las e descascá-las. O bico do tentilhão-pica-pau evoluiu para uma forma elegante e útil para a captura em pequenos buracos e fendas. Seu bico longo e delgado do tentilhão pica-pau é mais eficiente para a realização de manobras do que os galhos e agulhas de cactos que os pássaros usam para capturar sua comida. Os observadores de pássaros, cientistas e turistas que visitam as Ilhas Galápagos podem observar tentilhões-pica-pau capturando alimentos utilizando as "ferramentas" disponíveis. Eles são uma das 13 espécies de tentilhões de Galápagos conhecidas como tentilhões de Darwin.

Papel na pesquisa de Darwin

O explorador e biólogo Charles Darwin ficou intrigado com os tentilhões que habitavam as Ilhas Galápagos. Os pequenos pássaros são indescritivelmente banais na aparência, com exceção de variações acentuadas nas formas de seus bicos. Darwin propôs que os bicos dos pássaros foram alterados em resposta à necessidade de encontrar-se uma variedade de alimentos, em um ambiente em que todos os tipos de alimentos são escassos. Alguns dos tentilhões comedores de sementes começaram a expandir suas dietas a partir das sementes incluindo a polpa do cacto, insetos e até mesmo sangue. A dieta adaptada do tentilhão-pica-pau de insetos e larvas escondidas solicitou uma mudança gradual de seu bico anterior para o bico delgado atual. O tentilhão-pica-pau e as espécies de tentilhões associadas foram temas significativos na pesquisa que levam à teoria da evolução de Darwin.

População potencialmente vulnerável

Os biólogos documentaram falhas de espécies muito especializadas para a sobrevivência em ambientes mutáveis​​. O tentilhão-pica-pau adaptou o seu bico alongado para uma dieta especializada, e os cientistas sugerem que ele não poderia competir com espécies com métodos mais eficientes de obtenção do mesmo alimento. O pica-pau cinzento e o pica-pau marrom são exemplos de aves norte-americanas que poderiam competir com o tentilhão-pica-pau por sua comida. Essas aves têm bicos longos que podem proporcionar alimentos mais ocultos de árvores e arbustos sem o uso de ferramentas. As características e o comportamento dos tentilhões-pica-pau singulares e especializados poderiam torná-los incapazes de sobreviverem se as espécies não-nativas concorrentes fossem introduzidas em seu habitat.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível