Como fazer tinta cobre

Escrito por eric brown | Traduzido por carolina rico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer tinta cobre
Como fazer tinta cor de cobre (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Muitos artistas encontraram alegria e salvaram dinheiro fazendo suas próprias tintas. Mas fazê-las não é sempre fácil como parece. A tinta cobre pode ser muito difícil de se fazer se não souber por onde começar. Ela tem uma tendência de ficar verde com o tempo, como o cobre quando oxida. Saber quais pigmentos usar pode lhe salvar de uma frustração futura. Esse tutorial discute como escolher bons pigmentos e como fazer tinta cobra, tanto acrílica como a óleo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Placa de vidro para moer
  • Grãos de carborundum
  • Moedor de vidro
  • Sais de cobre (cloreto cuproso)
  • Óleo de linhaça ou meio acrílico transparente
  • Espátula de lâmina longa
  • Jarra de vidro

Lista completaMinimizar

Instruções

    Preparação da Placa para moer

  1. 1

    Coloque sua placa para moer em um pedaço de papelão para evitar que quebre. Você pode trabalhar em qualquer superfície estável, como uma mesa. Coloque aproximadamente uma colher de sopa de grãos de carborundum na placa e adicione um pouco de água para fazer uma pasta.

  2. 2

    Moa o carborundum em movimentos circulares usando o moedor para encrespar a superfície da placa. Não há uma uma quantidade de tempo certa para esse passo. É apenas um esforço para dar à sua placa grãos para que os processos de moer e misturar a tinta sejam mais fáceis.

  3. 3

    Lave bem sua placa. Procure tirar todo o carborundum. Você não o quer misturado em sua tinta.

    Mistura e armazenamento de tinta cobre

  1. 1

    Coloque uma pequena quantidade de clorido cuproso no centro da placa. Há uma variedade de pigmentos usados para fazer a tinta cobre. De acordo com a Narayan Organics, alguns dos melhores são sais com base de cobre, mas alguns deles contém altos níveis cúpricos, que podem resultar em grande oxidação. Elas causarão uma tinta mais verde que cobre com o tempo. A razão para usar o clorido cuproso é a pouca quantidade de cúpricos comparada a outros sais de cobre, como o cloreto cúprico anidro e molibdato de amônio. O clorido cúprico pode ser comprado de vários fornecedores de pigmentos como em empresas químicas.

  2. 2

    Adicione uma pequena quantidade de sua pasta. Se estiver fazendo tinta a óleo, será óleo de linhaça. Para tintas acrílicas, a pasta será o meio acrílico transparente. Misture bem com sua espátula até que seja uma pasta seca. Se necessário, adicione mais do pigmento ou da pasta para que ela fique bem rígida. Mova sua nova pasta para o lado da placa.

  3. 3

    Pegue uma pequena quantidade (aproximadamente duas colheres de sopa) de pasta do centro da placa. Usando o moedor, moa em movimentos circulares. Não use muita pressão e moa até que possua uma pasta suave. Se ela começar a ficar muito liquida, adicione uma pequena quantidade de pigmento. O resultado deve ser uma consistência amanteigada.

  4. 4

    Misture bem com a espátula. Essa é sua tinta. Você não precisa adicionar mais nada, sendo ela acrílica ou óleo. É possível aumentar a quantidade de tinta com a adição de vários "preenchedores", mas isso não é recomendado para tintas de boa qualidade. Sua tinta está pronta para ser armazenada.

  5. 5

    Coloque suas tintas em jarras fechadas e armazene-as fora da luz, principalmente solar, pois ela tem efeitos prejudiciais à tinta.

Dicas & Advertências

  • Armazene pigmentos em jarros de vidro fechados.
  • Armazene óleo de linhaça em jarros fechados e adicione bolinhas ao usar, para manter o nível superior e evitar uma desagregação do ar preso no jarro.
  • Armazene o meio acrílico em um local seco e frio, preferencialmente longe de luz.
  • Alguns pigmentos de tinta contêm componentes que podem ser perigosos para sua saúde, mesmo ao fazer tinta acrílica, embora esta seja geralmente mais segura que óleo devido à falta de diluentes e outros ingredientes que podem existir na tinta.
  • Seja cauteloso se estiver inseguro sobre o pigmento, e use uma máscara e luvas.
  • Sempre monitore crianças de qualquer idade com tinta, pois algumas contêm produtos químicos perigosos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível