Como tocar "Light My Fire" no piano

Escrito por mary freeman | Traduzido por marina costa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tocar "Light My Fire" no piano
Jim Morrison

"Light my Fire", como executada por The Doors, banda psicodélica dos anos 60, é uma música com ênfase em complexa improvisação de órgão e de guitarra, alternando com um verso relativamente simples e um refrão. Se você quer reproduzi-la nota por nota, uma partitura cuidadosamente escrita é a sua melhor escolha. Contudo, se você entende a estrutura fundamental da canção, é possível tocá-la quase imediatamente, sem auxílio de materiais de apoio. Com prática, essa canção inteira pode ser produzida pelo seu piano, em casa ou no palco.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Piano
  • A música "Light my Fire", do The Doors, cujo álbum leva o nome da banda
  • Tabela de acordes no piano e guia de notas (disponível gratuitamente online ou para venda em lojas de música)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Ouça a música até que ela se torne familiar. Repare na sua estrutura. Isso o salvará de dores de cabeça futuras.

  2. 2

    0:00 Introdução Toque essa tríade de acordes com sua mão esquerda (notas específicas em parênteses): G maior (G, B, D), D maior (D, F#, A), F maior (F, A, C), Bb maior (Bb, D, F), C# maior (C#, F, G#), G# maior (G#, C, D#), A maior (A, C#, E). Continue no último A por 4 tempos a mais que os acordes anteriores. Toque-o repetidamente para construir caminho até a estrofe. Com sua mão direita, você pode tanto tocar usando partitura quanto tentar reproduzir a introdução da música gravada o melhor possível. Se tiver talento para improvisar no piano, brinque com a mão direita no contexto dos acordes da mão esquerda. A música passa um sentimento de improviso do início ao fim, por isso dê qualquer toque pessoal que puder.

  3. 3

    00:09 Estrofe: Toque esses blocos de acordes com sua mão direita: Am7, F#m7 O acorde Am7 é composto pelas notas A, C, E e G. O acorde F#m7 é composto pelas notas F#, A, C# e E. Ouça a música para ouvir o ritmo exato dos acordes. Eles são tocados pelo órgão em um tempo sincopado. A estrofe começa com as palavras "You know that it would be untrue" ("Você sabe que isso seria mentira"). Toque a estrofe 4 vezes.

  4. 4

    00:24 Refrão: Toque esses acordes com sua mão direita: G maior (G, B, D), A maior (A, C#, E), D maior (D, F#, A) G maior (G, B, D), A maior (A, C#, E), D maior (D, F#, A), B maior (B, D#, F#) G maior (G, B, D), D maior (D, F#, A), E maior (E, G#, B) O refrão começa com "Come on baby" ("Venha cá, baby") e termina com "Try to set the night on fire" ("Tente tocar fogo na noite"). A mão direita tende a arpejar e adicionar segundas e quartas suspensas à medida que as notas são tocadas.

  5. 5

    00:37 Toque a estrofe e o refrão novamente.

  6. 6

    1:04 Solo de órgão: Com sua mão esquerda, arpeje esses acordes, incluindo apenas a primeira, a terceira e a quinta nota: A menor (A, C, E), B menor (B, D, F#). Com a mesma mão, você tocará as notas A, C e E seguidas por B, D e F#. Com a mão direita, faça um solo da forma que quiser na escala de E menor. Esta inclui as notas E, F#, G, A, B, C, D e E. Se não conseguir improvisar um, adquira uma partitura do solo ou esforce-se para tocar de ouvido. O original é, na gravação, complexo e provavelmente improvisado com espontaneidade, o que torna difícil uma imitação exata.

  7. 7

    3:12 Solo de guitarra: Continue a arpejar os acordes de A menor e B menor com a mão esquerda. Com a outra mão, alterne entre os acordes Am e Bm. Não é difícil, e é fácil de pegar o que é tocado na gravação. Se tiver outros musicistas tocando com você, encurte ou elimine essa parte como desejar. Há um solo por trás da guitarra, ainda na escala de Em, mais ou menos no último minuto desta seção.

  8. 8

    5:23 Recapitulação: Repita a introdução. Repita a estrofe. Repita o refrão. Repita a estrofe.

  9. 9

    6:14 Outro: Toque esses acordes finais com as mãos esquerda e direta após o verso final: G maior (G, B, D), A maior (A, C#, E), D maior (D, F#, A) G maior (G, B, D), A maior (A, C#, E), D maior (D, F#, A) Bb maior (Bb, D, F), C maior (C, E, G), D maior (D, F#, A) Bb maior (Bb, D, F), C maior (C, E, G), D maior (D, F#, A) Bb maior (Bb, D, F), C maior (C, E, G), D maior (D, F#, A) Bb maior (Bb, D, F), C maior (C, E, G), D maior (D, F#, A) Toque a parte da introdução novamente, e termine com um poderoso A maior (A, C#, E).

Dicas & Advertências

  • Toque junto com a música com a maior frequência que puder. Quanto mais você praticar com ela, melhor tocará sem a mesma.
  • Tome várias notas e pratique regularmente.
  • Não quebre nenhum dedo. A música é bastante rápida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível