Como testar um diodo Schottky

Escrito por kevin mason | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como testar um diodo Schottky
Utilize a configuração de teste de continuidade para testar diodos (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Um diodo Schottky, semelhante ao diodo normal, limita o fluxo de eletricidade em uma direção, tal qual a ação de uma válvula de água de um sentido só. O diodo Schottky, no entanto, tem um tempo de resposta elétrica melhor por causa da dissipação muito baixa de tensão. Problemas comuns do Schottky incluem curto-circuito e superaquecimento.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Multímetro digital

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Ajuste o multímetro para a configuração de teste de continuidade, que servirá para dizer se a corrente elétrica flui de uma ponteira do multímetro digital para a outra. A maioria dos multímetros digitais utilizam o símbolo elétrico de um diodo ou onda de som para indicar essa configuração.

  2. 2

    Coloque a ponteira positiva (de cor vermelha) no conector de ohmímetro e, em seguida, conecte a outra (de cor preta) no conector comum do multímetro.

  3. 3

    Identifique os terminais de cátodo e ânodo do diodo. O cátodo estará mais perto de uma linha pintada que dá a volta no componente do que o ânodo. Conecte a ponteira vermelha ao ânodo do diodo Schottky e a preta ao cátodo.

  4. 4

    Escute um "bip" ou "buzz" do multímetro. Se o diodo responder como o esperado, o multímetro emitirá um som. Se isso não acontecer, o componente não está funcionando corretamente.

  5. 5

    Inverta as ponteiras do multímetro ao colocar a ponteira positiva no cátodo e a preta no ânodo do diodo. Observe se o multímetro emite um som. Se não acontecer, o Schottky está funcionando corretamente.

Dicas & Advertências

  • Um diodo Schottky possui uma queda de tensão de 0,15 a 0,45 volts quando comparado ao diodo padrão de silício, que é de 0,5 a 1,5 volts.
  • Se não conseguir identificar a configuração de teste de continuidade, consulte o manual do proprietário do equipamento.
  • Se o diodo estiver em um circuito, desligue a alimentação do mesmo antes de testar o componente, para evitar redirecionar a corrente para o multímetro, o que pode causar mal funcionamento ou dano permanente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível