Como tocar uma partitura no violino

Escrito por philip sim | Traduzido por caroline zemuner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tocar uma partitura no violino
Pode levar anos para aprender a tocar bem o violino (Polka Dot RF/Polka Dot/Getty Images)

Para um iniciante à primeira vista, a partitura de violino pode parecer uma linguagem estranha. No entanto, ela contém tudo o que você precisa saber para tocar uma música: que notas tocar, como tocá-las e por quanto tempo. É preciso muita prática e paciência para aprender lê-las, mas o mesmo é verdadeiro para o violino. Será necessário investir tempo para aprender a tocar cada nota nele e onde colocar os dedos para fazer os sons corretos antes de desistir das partituras.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Olhe para a extremidade esquerda da primeira linha da música. Depois da clave, que para o violino deve ser uma de sol, você verá uma quantidade de sinais de sustenido ou bemol, indicando em que tom a música está. As notas correspondentes a essas posições no decorrer da partitura terão que ser sempre sustenidos ou bemóis, a não ser que se indique o contrário. Então, se a música estiver em Dó maior, não haverá nenhum sinal, ao passo que, se estiver em Sol maior, haverá um único sustenido na linha correspondente ao fá.

  2. 2

    Verifique a fórmula de compasso que é mostrada por dois números, um acima do outro e próximos à clave, no início da partitura. Se o número denominador for par, a peça terá unidade de compasso simples e será contada juntamente com o nominador, que é a quantidade de tempos em cada compasso. Se o denominador for ímpar, a unidade de compasso será composta.

  3. 3

    Vá para a primeira nota e descubra onde ela está em relação às linhas ou à pauta. A linha inferior é o mi, e corresponde à nota que é tocada colocando o primeiro dedo na corda ré do violino. O espaço entre essa linha e a próxima é o fá, tocado com o segundo dedo na corda ré. A próxima linha acima é o sol, tocado com o terceiro dedo na corda ré, e o espaço entre esta linha e a próxima é o lá, que pode ser tocado com o quarto dedo na corda ré ou na corda lá solta. Outras linhas são adicionadas à pauta para notas mais baixas, que são tocadas na corda sol, e para notas mais altas, nas cordas lá e mi.

  4. 4

    Inspecione a figura da nota para ver durante quanto tempo deve ser tocada. A nota padrão, que compreende um ponto com uma haste reta ligada, é uma figura de um tempo, ou uma semínima. Se o compasso for 4/4, pode haver até quatro delas em cada um deles. A nota com uma haste curvada na pauta é uma figura de meio tempo, ou colcheia, e a que tem duas hastes curvadas na pauta vale 1/4 de tempo, chamada de semicolcheia. Um círculo claro com uma haste reta ligada vale dois tempos e é uma mínima, e um círculo sem nenhuma haste é uma nota de quatro tempos, ou semibreve.

  5. 5

    Toque a nota de acordo com a duração correspondente e passe para a próxima. Se existir uma linha curva unindo duas notas, será necessário ligá-las, tocando ambas em uma arcada suave. Caso contrário, use somente uma arcada por nota. Um pequeno ponto abaixo da figura significa que ela deve ser tocada "staccato", com um movimento de arco forte e rápido.

Dicas & Advertências

  • Tente ler a partitura sem tocá-la, pensando qual é cada nota no violino e quanto tempo ela dura. É preciso ser capaz de ler a música rapidamente para tocar ao mesmo tempo.
  • Pratique regularmente, se possível todos os dias -- pode levar anos para tornar-se proficiente no violino, e aprender a ler a partitura é apenas o começo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível