Mais
×

Como tomar cardo de leite para se ter saúde

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

O cardo de leite (Silybum marianum) é comumente conhecido como cardo maria ou de santa maria. É um cardo bastante típico, originalmente do Mediterrâneo, embora possa ser encontrado em todo o mundo. Suas sementes são usadas para fins medicinais. Os passos a seguir o ajudarão a decidir se deve tomar ou não essa erva suplementar.

Instruções

Tome cardo de leite para a saúde
  1. Leia um pouco sobre os usos históricos do cardo de leite. Os antigos gregos e romanos o usavam para tratar uma variedade de enfermidades, especialmente problemas no fígado. Ele também era utilizado para aliviar disfunções nos rins, no fígado e no baço no século XIX e início do XX.

  2. Saiba que o cardo de leite é atualmente oferecido por herboristas profissionais para se tratar de danos ao fígado devidos à hepatite, ao consumo de álcool a longo prazo e a toxinas industriais. O componente ativo principal do cardo de leite é a silimarina, que é na verdade um grupo de flavonoides.

  3. Veja os resultados de estudos científicos modernos ao testar o cardo de leite. Muitos estudos sugeriram que a silimarina pode proteger o fígado de certos tipos de danos, mas um estudo de 2000, feito pela Agência de Pesquisa e Qualidade de Cuidado à Saúde dos EUA, foi incapaz de estabelecer um benefício medicinal.

  4. Estude os efeitos colaterais do cardo de leite. Eles são raros na maioria dos casos, mas podem incluir dores de cabeça, náusea, falta de ar, dor de estômago e vômito.

  5. Não tome mais do que a dosagem recomendada de cardo de leite. Ele deve ser tomado em forma de cápsula, de 120 a 140 mg de silimarina. As dosagens comuns são de duas cápsulas tomadas de duas a três vezes por dia.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article