Tratamentos alternativos para hérnia de disco na região lombar

Escrito por heather langone | Traduzido por elisa silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos alternativos para hérnia de disco na região lombar
Consulte seu médico, antes de iniciar qualquer tratamento (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

De acordo com a Mayo Clinic, a "medicina alternativa" se refere a tratamentos que podem substituir as terapias convencionais. Esses tratamentos geralmente não foram testados em estudos clínicos extensivos. No entanto, quem sofre de dor lombar por causa de uma hérnia de disco pode estar disposto a tentar qualquer tratamento para aliviar a dor, pois ela pode ser debilitante e até crônica. Assim, muitos buscam tratamentos alternativos que não envolvem cirurgia ou prescrições médicas, oferecendo alternativas para quem sofre com esse problema.

Outras pessoas estão lendo

A hérnia de disco

A hérnia de disco na região lombar se deve geralmente a uma mudança na estrutura do disco, o que causa uma protuberância. Esse tipo de degeneração é causada pelo processo de envelhecimento e desgaste diário. Os sintomas iniciais são dor e formigamento. Caso fique sem tratamento, ela pode se desenvolver em uma dor severa e em um inchaço. Eventualmente, a dor pode fazer com que seja difícil sentar ou ficar de pé por muito tempo e quase impossível realizar atividades mais vigorosas. O dano também pode vir de um trauma, como o que é causado por esportes.

Acupuntura

A acupuntura é um tratamento alternativo, no qual várias agulhas são inseridas na pele, o que não realmente cura a hérnia, mas libera endorfina, o que alivia a dor. A endorfina é um hormônio que causa prazer e é geralmente liberado após o sexo ou uma atividade física vigorosa, mas sua produção também pode ser estimulada pela acupuntura. De acordo com a Mayo Clinic, quando a endorfina é liberada, ela age como um analgésico natural. Como a acupuntura é considerada um tratamento alternativo, esse aspecto não é completamente compreendido. Apesar disso, ela pode ser um alívio para quem sofre com hérnia de disco. Os bons acupunturistas fazem uma avaliação de pelo menos duas horas, antes de começar a primeira sessão e depois discutem o tratamento, determinando a sua duração, já que poderão exigir diversas sessões. Para complementá-lo, o terapeuta pode recomendar banhos de lama.

Biofeedback

O biofeedback é usado para tratar várias causas de dor. Lembre-se de que ela não é uma cura, é só uma intervenção para a dor. O biofeedback é a análise das respostas do corpo para decidir o tipo de tratamento, geralmente usando um dispositivo de ampliação eletrônica. Os sensores conectados ao aparelho são presos à pele na região da dor. No caso da dor nas costas, é feita uma eletromiografia, que mede a tensão dos músculos ao prender pequenos eletrodos na pele. Então, o retorno EMG é analisado para planejar o curso de ação para treinar o paciente. Primeiro, ele vai aprender a ter consciência do nível da dor, então aprenderá técnicas para ganhar o controle de coisas, como a tensão dos músculos, ritmo cardíaco e fluxo sanguíneo. O paciente usará técnicas de relaxamento e respiração, entre outros métodos, para ganhar um senso de controle sobre o caminho para a cura. O biofeedback é geralmente usado em conjunto com outros tratamentos convencionais e é mais utilizado para dores nas costas e cabeça.

TENS

A estimulação elétrica transcutânea dos nervos, ou TENS (transcutaneous electrical nerve stimulation), é o uso de um aparelho elétrico preso a pequenos eletrodos, que são colocados próximos à região da dor, enviando impulsos elétricos médios aos nervos. Os níveis podem ser ajustados, dependo do estado da dor do paciente. A ideia desse tratamento não é mudar o disco, mas bloquear os sinais da dor. Ele também pode estimular a liberação de endorfina, que é um bloqueador de dor natural. Como sempre, faça uma consulta, antes de começar qualquer tratamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível