on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como treinar um filhote de pastor alemão para viver com um gato

Pastores alemães são cachorros extremamente excitáveis. Eles são conhecidos por perseguirem qualquer coisa que se mova e de gostarem da caça e captura de gatos e outros animais pequenos. Se o treinamento começa precocemente, antes que maus hábitos ocorram, seu filhote de pastor alemão pode aprender não só a conviver com o gato da família como a apreciar a companhia.

Instruções

Filhotes de pastores alemães podem ser ensinados a ignorarem gatos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  1. Assim que você levar seu filhote de pastor alemão para casa não deixe que ele jamais persiga o gato. Até, mais ou menos, 12 semanas de idade, a maioria dos filhotes serão menores que o gato. Quanto menor e mais fácil de ser controlado seu pastorzinho é, mais fácil será o treinamento. Se você nunca permitir que maus hábitos se iniciem, então você não terá que impedi-los mais tarde.

    Loading...
  2. Coloque seu filhote na gaiola no meio da sala de estar, essa sala fornece espaço extra suficiente e ajuda o gato a se sentir mais seguro. Permita que o gato se aproxime do filhote preso em seu próprio ritmo. Faça isso todas as noites por uma semana e impeça que o gato e o filhote interajam no meio tempo.

  3. Comece a prender o gato no meio da sala de estar e permita que o filhote se aproxime da gaiola. Se ele ficar muito inquieto, segure suas costas até que ele se acalme, faça carinhos calmamente e ofereça petiscos enquanto ele cheira a gaiola. Permita de três a cinco dias para o filhote tornar-se familiarizado com o odor do gato da família.

    Uma gaiola de viagem irá manter seu gato seguro enquanto o filhote se acostuma a ele (cage de transport avec chat image by Nath Photos from Fotolia.com)
  4. Depois que o filhote e o gato tiveram a chance de se tornarem familiares com o cheiro um do outro, é hora de deixar que eles interajam. Enquanto você segura o gato, outra pessoa segura o filhote, faça a aproximação dentro do limite de conforto um do outro. Se houver qualquer eriçamento ou rosnados do gato, afaste-os. Continue a sessão até que você possa ficar ao lado de seu parceiro com ambos os animais seguros.

  5. Deixe o gato andar livremente. Mantenha seu pequeno pastor na coleira o tempo todo, acorrente-o ao seu tornozelo enquanto você está em casa e sempre tenha um brinquedo em mãos. Quando estiver perto do gato, ofereça a ele petiscos por permanecer calmo e afável. Se ele ficar muito excitado, afaste-se ou saia do aposento. Eventualmente, o gato se tornará "parte da mobília" e o filhote não vai notá-lo mais.

Loading...

Aviso

  • Nunca deixe o filhote encarar o gato. Mantenha uma lata cheia de moedas por perto e chacoalhe se o filhote encarar intensamente o gato.

O que você precisa

  • Gaiola
  • Coleira
  • Guia
  • Petiscos
Loading ...
Loading ...