×
Loading ...

Vantagens e desvantagens dos contratos de licença

Contratos de licença possuem vantagens e desvantagens tanto para o licenciante quanto para o contratante. O contrato dá ao contratante o direito de usar o produto do licenciante, que pode ser uma invenção, uma marca ou um produto. Os direitos dos contratantes são ditados pelo contrato, mas podem incluir os direitos como a venda do item ou usar a marca em seus próprios produtos. O contratante paga ao licenciante os royalities sobre o lucro obtido.

O licenciamento pode aumentar o lucros de ambas as partes (crazydiva/iStock/Getty Images)

Oportunidade de rendimento passivo

Uma das vantagens para o dono que licencia sua propriedade intelectual é que ele pode ter um lucro contínuo sem ter que fazer nada. Em outras palavras, o contratante da licença precisa fazer todo o trabalho para obter lucro, enquanto o licenciante ganha uma porcentagem de tudo que for obtido. Ao invés de receber apenas uma pequena quantia, o dono do produto continua recebendo dinheiro enquanto o contratante estiver lucrando. Isso permite ao contratante ter um fluxo contínuo de lucro sem perder nenhum direito sobre sua propriedade.

Loading...

Riscos de perder a propriedade intelectual

O dono da propriedade intelectual assume um grande risco ao licenciar o seu produto. Ele pode abrir as portas para a pirataria ou ter sua tecnologia roubada caso não tenha um representante legal. Policiar o uso do produto para ter certeza que o contratante não infringirá nenhum dos direitos pode ser custoso. A pirataria de softwares é um bom exemplo. Os softwares de computador são frequentemente licenciados para os usuários. Porém, assim que o usuário obtém os direitos para o uso do produto, ele pode fazer cópias dele e distribuir ilegalmente, obter lucros com isso e nunca pagar royalities.

Licenciamento leva a lucro

O contratante também tem a vantagem de aumentar bastante seus próprios lucros de forma muito superior ao que ele esperava. Comprar os direitos da propriedade intelectual pode ser muito caro. Porém, pagando pelos direitos da licença, o contratante investirá menos dinheiro e mesmo assim obterá os lucros usando a tecnologia ou a propriedade. Caso seja uma invenção, ele pode melhorá-la e fazer mais dinheiro do que se começasse o projeto do início. Caso seja uma marca, o contratante pode usufruir da reputação dela e obter lucros extremos.

Dependência exagerada do licenciante

O contratante assume um grande risco ao aceitar o contrato ao invés de comprar a propriedade intelectual. Primeiramente, quando chegar a hora de renovar o contrato, o licenciante pode pedir mais dinheiro ou estreitar os termos caso ele saiba que o contratante necessita da renda. Além disso, caso o contratante não possua uma licença exclusiva, ele pode ter uma competição que não existiria caso fosse dono da marca. Isso pode afetar os lucros.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...