Vantagens e desvantagens do laser de diodo

Escrito por steve johnson | Traduzido por joanna riva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vantagens e desvantagens do laser de diodo
Lasers de diodo são mais baratos e compactos do que outros tipos de laser (Comstock/Comstock/Getty Images)

Ao contrário da luz visível no ambiente natural, um "laser", cuja sigla em inglês significa "amplificação da luz por emissão estimulada de radiação", produz um feixe monocromático uniforme que não se dispersa. Essa diferença permite que os lasers focalizem a luz e energia em superfícies muito pequenas, mesmo em objetos distantes - uma característica única que é aproveitada em várias aplicações.

Outras pessoas estão lendo

Tipos de laser

Além de suas diversas aplicações, os lasers são classificados de acordo com a maneira que emitem luz. Isto inclui "ondas contínuas" e lasers "pulsados". Sua base de classificação também provém dos meios ou materiais utilizados como a fonte de luz, sejam lasers de gás, de estado sólido ou de diodo. Um desenvolvimento relativamente recente na tecnologia de lasers, os lasers de diodo utilizam semicondutores como meio (geralmente chips de arsenieto de gálio).

Vantagens do laser de diodo

Comparados à maioria dos tipos de lasers, os lasers de diodo são mais baratos e mais compactos, tornando-os ideais para pequenos aparelhos eletrônicos, como CD e DVD players, CD-ROMs, DVD-ROMs e outros aparelhos de armazenamento de dados ópticos. Impressoras e máquinas de fax a laser e leitores de código de barras utilizam este tipo de tecnologia. Lasers de hélio-neônio aumentariam o tamanho destes equipamentos em até cinco vezes. Lasers de diodo utilizam menos energia que a maioria dos outros tipos de laser. Enquanto os lasers de gás e de estado sólido necessitam de uma fonte de energia em kilovolts, os de diodo geralmente funcionam com baterias de poucos volts.

Desvantagens do laser de diodo

Os feixes de lasers de diodo são altamente divergentes, em forma de cunha, ao invés de serem retos e paralelos, e têm distâncias coerentes menores, o que os torna de qualidade inferior em performances ópticas. Além disso, semicondutores em aparelhos eletrônicos estão sujeitos a descargas elétricas estáticas, o que quer dizer que os lasers de diodo nesses aparelhos podem ser danificados por fornecimento de energia instável e variável. Sujeito a um envelhecimento gradual, este tipo de laser com o tempo utiliza quantidades de energia cada vez maiores com eficiência reduzida. A lente necessária para a correção dos feixes concede fragilidade ao laser, sendo que, uma vez que a lente é danificada, o laser se torna não-funcional.

Segurança

Muitos tipos de lasers apresentam um risco significativo para a segurança devido à energia que distribuem. O laser de diodo é considerado um dos mais seguros. Como necessita de menos energia, esse tipo de laser apresenta risco mínimo de choque elétricos; no entanto, ainda há perigos caso o laser seja direcionado aos olhos de uma pessoa ou animal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível