Como verificar a autenticidade uma bolsa Louis Vuitton

Escrito por rebekah brooks | Traduzido por poliana r. garrido
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como verificar a autenticidade uma bolsa Louis Vuitton
As bolsas Louis Vuitton têm detalhes distintos que podem ser usados para autenticá-las (Dan Kitwood/Getty Images News/Getty Images)

As bolsas Louis Vuitton são caras, exclusivas e cobiçadas por muitas pessoas. Devido a alta demanda e aos altos preços, muitas imitações e falsificações são vendidas na internet, em lojas de segunda mão e nas ruas. Os truques para descobrir uma bolsa falsificada estão todos nos detalhes. Elas têm falhas, defeitos e minúsculos sinais que as denunciam, mas que a maioria das pessoas não prestaria atenção. Sabendo que detalhes olhar podemos evitar ser enganados e comprar uma bolsa falsificada.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Códigos de Data

  1. 1

    Procure por um código de data. A Louis Vuitton começou a colocar códigos de data em seus produtos no início dos anos 1980, para ajudar a catalogá-los. A localização desses códigos varia dentre os diferentes estilos de bolsas. Eles são compostos de três ou seis caracteres, normalmente números mas, às vezes, letras, que indicam o país onde as bolsas foram feitas e a data da fabricação.

  2. 2

    Verifique o ano no código de data. Se houver duas letras no início ou no fim do código, ou letra nenhuma, e os dois primeiros números estiverem entre 80 e 89, então a bolsa foi fabricada nos anos 80. Se os dois primeiros caracteres do código forem letras, mas os dois primeiros números não estiverem entre 80 e 89, então o segundo número deverá ser 9, 0 ou 1, indicando que ela foi feita entre 1990 e 2011.

  3. 3

    Verifique se o último número no código de data é 3, 4 ou maior, se a bolsa for multicolorida. A Louis Vuitton lançou as primeiras bolsas multicoloridas em 2003 e 2004, então se uma bolsa multicolorida tiver uma data anterior a essa, provavelmente é falsificada. A bolsa pode ser autêntica se o segundo número e o último forem, ambos, o número 1, porque isso indica que ela foi feita em 2011.

    Estrutura e materiais

  1. 1

    Examine a costura da bolsa. Bolsas exclusivas são meticulosamente costuradas e não devem apresentar sinais de problemas nas costuras. Costuras mal feitas, bagunçadas ou inconsistentes indicam que ela não foi feita por uma empresa de design e muito provavelmente é uma imitação.

  2. 2

    Examine o material do qual a bolsa é feita. Designers utilizam matéria prima de alta qualidade, como couro, que geralmente não contém rachaduras ou defeitos. Material sintético indica um produto falsificado. Se a bolsa for feita de couro falso, frágil ou rachado, ela provavelmente é falsa.

  3. 3

    Leia a etiqueta. Etiquetas dentro de bolsas falsificadas comumente têm erros de grafia, palavras complicadas e descrição vaga do material utilizado na fabricação. As etiquetas são algumas vezes mal feitas e mal costuradas dentro da bolsa.

  4. 4

    Observe a qualidade da impressão. Nas bolsas Louis Vuitton, as iniciais LV são impressas em tamanho pequeno e em linhas. Nas falsificações, a impressão normalmente será irregular, com as letras parcialmente ocultas pelas costuras. Uma bolsa autêntica tem sequências simétricas e iguais, que se alinham em todos os lados dela, e todas as iniciais são normalmente visíveis.

  5. 5

    Conte o número de cores em uma bolsa multicolorida. As da Louis Vuitton têm 33 cores. Se a bolsa tiver menos cores que isso e algumas forem fracas, ela muito provavelmente é falsa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível