A xantina na dieta

Escrito por william norman | Traduzido por weber figueiredo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A xantina na dieta
O café é uma bebida cafeinada muito apreciada no Brasil (Creatas/Creatas/Getty Images)

A xantina forma-se no corpo humano como uma parte do metabolismo das purinas, substâncias encontradas em certas carnes e produtos fermentados. Ela também aparece na dieta como a cafeína de alimentos e bebidas.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

A xantina, um alcaloide normalmente encontrado no tecido muscular, na urina e no sangue, também ocorre em algumas formas de plantas. As purinas degradam-se virando xantina, que depois combina-se com a xantina oxidase para formar o ácido úrico no corpo, de acordo com o site "Great Vista Chemicals".

Alimentos

A cafeína representa uma forma de xantina, de acordo com o site "Ask the Dietician". Exemplos de alimentos e bebidas que contêm cafeína são chocolate, refrigerante de cola, café e chá. Alimentos ricos em purinas, precursora da xantina, são bacon, frutos do mar e produtos à base de fermentação como pão e cerveja, de acordo com o site "Joint-Pain.com".

Impacto na saúde

Pessoas que sofrem de gota causada por excesso de ácido úrico devem evitar alimentos ricos em purinas. A xantina na forma de cafeína tem um efeito mínimo sobre a gota, de acordo com o site "Ask the Dietician". No entanto, ela pode contribuir para a irritação gastrointestinal. O "Atlantic Coast Gastroenterology Associates" recomenda que os pacientes que sofrem de problemas digestivos evitem a substância.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível