×
Loading ...

O álcool e o sangramento retal

O abuso de álcool a longo prazo pode causar um colapso em seus órgãos e organismo. O dano interno feito ao seu corpo normalmente passa despercebido até que algum sintoma se manifeste. O álcool pode desenvolver condições que causam o sangramento retal. Esse tipo de hemorragia causada pelo álcool é sinal de danos em um ou mais órgãos.

Hemorragia retal

O sangramento retal é uma hemorragia que ocorre na parte baixa do cólon ou reto. O sangue pode ser notado no assento do vaso sanitário, no papel higiênico ou na água do vaso. A coloração varia entre vermelho vivo e marrom escuro. A cor do sangue indica onde ele se originou. O sangue vermelho vivo vem normalmente de uma fonte próxima ao reto, da mesma forma que uma hemorroida. O sangue marrom ou preto geralmente vem de um local mais interno do corpo, como um órgão. Esse tipo de sangramento pode ser ocasionado por diversos agentes. O tratamento na maioria das vezes trata o problema que originou a hemorragia.

Loading...

Álcool

O álcool não causa diretamente o sangramento no reto. O seu consumo a longo prazo causa danos internos que ocasionam esse problema. Entre as doenças causadas pelo álcool, estão câncer, problemas gastrointestinais e danos no fígado. O sangue nas fezes é um sintoma de todas essas doenças. Limitar ou evitar o consumo de bebidas alcoólicas pode prevenir o aparecimento dessas doenças. Se esse sintoma aparecer, procure um médico e lhe informe sobre a quantidade de álcool que você normalmente consome. Evitar beber pode diminuir qualquer sangramento anal.

Câncer

Abusar do consumo de álcool aumenta as chances de desenvolver um tumor no cólon ou reto, e um dos sintomas é o sangramento no reto. O álcool irrita e danifica as regiões do cólon e do reto, algumas vezes ocasionando tumores ou feridas, que são de onde o sangue se origina. Geralmente, o sangramento é pequeno mas aumenta se a doença não for tratada.

Problemas gastrointestinais

O consumo excessivo e constante de álcool pode ser a causa de algumas doenças gastrointestinais, como diarreia e úlcera. A diarreia frequente gera irritação no cólon, reto e intestinos. A irritação pode causar feridas com sangramento e tumores nos órgãos. Além disso, o álcool também irrita os revestimentos do estômago e dos intestinos. Se essa membrana se romper, o líquido ácido e digestivo irá vazar, causando mais danos em outros órgãos. Quando a úlcera - uma ferida nos órgãos que causa sangramento - aparece, os revestimentos do estômago e dos intestinos já estão comprometidos. Esse sangue originado de uma úlcera ou das irritações nos órgãos do sistema gastrointestinal é expelido pelo reto.

Doenças do fígado

De acordo com o Department of Health’s National Clearing House for Alcohol and Drug Information, mais de 2 milhões de americanos sofrem de algum problema de fígado relacionado ao álcool. Abusar dessa substância pode ocasionar cirrose e hepatite a longo prazo. A hepatite é uma infecção no fígado, enquanto a cirrose é uma doença que deixa cicatrizes irreversíveis no órgão. Se não tratadas, ambas as doenças causam sangramento ou até mesmo câncer. Se o fígado estiver danificado e com hemorragias, o paciente pode ter sangramento retal.

Considerações

A prevenção e percepção precoce são elementos importantes para tratar de doenças graves, como as doenças do fígado e câncer. Conte ao seu médico sobre o consumo abusivo de álcool. Se ele souber sobre os seus hábitos, estará mais capacitado a descobrir qual a causa do sangramento no reto.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...