×
Loading ...

Como alimentar um cão que não possui mandíbula inferior

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Criar um cão com uma deformidade física ou lesão traumática pode ser uma tarefa assustadora. Alimentação, limpeza e até mesmo tarefas rotineiras, como caminhadas e higiene, são muito mais difíceis quando o seu amado animal de estimação tem uma deficiência. Alimentar um cão sem o maxilar inferior pode ser um dever especialmente desafiador, mas ver seu companheiro saudável e feliz faz valer a pena todo o seu tempo e esforço.

Instruções

Saiba como fazer o melhor pelo seu cão (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

    Parte 1

  1. Fale com o seu veterinário sobre a dieta de seu cão. Sem um maxilar inferior funcional, será quase impossível para ele comer em uma tigela como um cão normal. Assim, seu veterinário vai aconselhá-lo sobre a melhor maneira de alimentá-lo. As refeições do seu cão terão que ser divididas em pequenas sessões durante todo o dia, para garantir que ele receba alimentação suficiente. Planeje sua programação de acordo.

    Loading...
  2. Escolha uma ração macia e nutricionalmente equilibrada, e coloque na tigela a porção adequada para o seu cão. Talvez ele não consiga comer sozinho na tigela, mas ainda associará a visão de sua tigela com a hora da alimentação. Misture com a colher, acrescentando uma dose de suplemento de calorias para comida de cachorro. Alguns suplementos são cheios de vitaminas e nutrientes que seu cão pode não conseguir através de uma dieta de comida enlatada, ajudando-o a manter o nível de energia e peso adequado.

  3. Ofereça a seu cão uma pequena quantidade em uma colher, permitindo que ele investigue os alimentos. Ele deve abrir a boca e tentar dar uma mordida, embora você possa ter que colocar o alimento na parte de trás de sua língua, para que consiga comer. Se ele não abrir a boca prontamente, coloque delicadamente a colher dentro de sua boca e deixe a comida cair em sua língua. Pode levar de três a quatro colheradas dadas à força, até que ele perceba que pode comer da colher sozinho.

  4. Continue alimentando-o com pequenas mordidas, até que ele pareça satisfeito. Se o alimento estiver grudando na boca, lave suavemente a língua para remover a comida presa. Encha a seringa com água morna e esguiche lentamente uma pequena quantidade sobre a língua, permitindo-lhe mover-se ao redor e soltar o alimento. Pode ser que ele não queira comer mais do que algumas colheradas em uma única alimentação, então armazene o alimento restante na geladeira e tente novamente mais tarde, se ele parecer desinteressado.

  5. Escove os dentes do seu cão depois que ele terminar de comer. A dieta de ração pode rapidamente causar a cárie dentária, por isso a escovação é fundamental para melhorar a saúde da gengiva e dentes. Umedeça o pincel na água e escove delicadamente cada um de seus dentes, tendo o cuidado de remover quaisquer pedaços soltos de alimentos. Enxague a boca de novo com a seringa, usando a toalha para limpar a água ou alimento que possa ter caído durante a alimentação.

Loading...

Dicas

  • Siga as instruções de alimentação do seu veterinário com cuidado, para evitar a desnutrição. Talvez seja tentador alimentar seu cão com comida, mas a comida humana não é bem equilibrada nutricionalmente para o seu animal de estimação, e pode causar mais mal do que bem.

Aviso

  • Nunca puna seu cão por não querer comer. Talvez seja uma adaptação difícil para ele ter que ser alimentado a partir de uma colher. Assim, seja paciente e permita-lhe tempo de sobra para aprender a sua nova rotina de alimentação.

O que você precisa

  • Ração macia
  • Tigela
  • Colher
  • Suplemento de calorias
  • Seringa grande
  • Escova de dentes
  • Toalha

Referências

Loading ...
Loading ...