×
Loading ...

Atividades para ajudar a ensinar as crianças a não contarem mentiras

A maioria das pessoas provavelmente concordaria que é importante ensinar honestidade e integridade às crianças mais novas, mas ensinar tais conceitos pode ser desafiador. Conceitos como "verdade" e "honestidade" podem ser abstratos e elusivos para os mais jovens, que se beneficiam ao identificarem esses comportamentos em personagens de uma história. Crianças mais velhas entendem o significado de honestidade, mas às vezes evitam contar a verdade em situações mais complicadas. Você pode usar atividades divertidas, histórias, músicas, imagens e interpretação para reforçar a importância de se dizer a verdade. As lições podem ser modificadas para crianças de várias idades e circunstâncias para se ensinar, segundo disse William Shakespeare, que a "honestidade é a melhor política".

Converse com seu filho sobre a importância da honestidade (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Contar histórias

Apresente às crianças histórias com personagens que dizem a verdade, e outras histórias sobre personagens que não o fazem, e as consequências de cada um dos tipos de ações. Facilite uma discussão sobre como aquele personagem e outros da história deveriam se sentir com o resultado de suas ações. Peça às crianças para compartilharem histórias sobre suas próprias vidas de quando alguém mentiu para eles ou disse-lhes a verdade. Uma história muito conhecida sobre a honestidade é "O menino que gritava 'lobo!'". É um conto clássico que enfatiza a falta de confiança inspirada nas pessoas quando se mente. Uma outra história, chamada de "A cerejeira", descreve George Washington jovem, aprendendo uma lição sobre se dizer a verdade. Apresente as duas histórias, compare-as e mostre suas diferenças para as crianças.

Loading...

Interpretação

Em grupos pequenos, faça com que as crianças montem esquetes que enfatizem os conceitos de honestidade e integridade. Discuta diferentes formas de desonestidade e o que a falta de honestidade pode fazer para causar danos a um relacionamento. As crianças podem precisar de textos prontos para ajudá-los a fazerem suas esquetes. Separe um grupo para apresentar uma peça sobre não roubar, outra sobre uma "mentira leve" e outro para fazer uma esquete sobre não dizer a verdade. Um adulto deve ser designado para cada grupo de crianças menores, mas as crianças mais velhas podem escrever roteiros, montar fantasias e fazer acessórios por si mesmas. Crianças mais velhas podem também apresentar suas esquetes para as mais novas.

Reforço positivo

Lidere uma discussão com as crianças sobre bom e mau comportamento, verdade e mentira. Pergunte às crianças o que elas acham que deveria ser a recompensa por dizerem a verdade e o que seria uma consequência justa por contar uma mentira. Peça cada criança para fazer um certificado colorido e congratulatório de bom comportamento. Eles podem até oferecer um prêmio pela melhor descrição. Guarde os certificados e dê às crianças quando observar que elas disseram a verdade -- especialmente se o fizerem em uma situação complicada. Admitir os erros e reportar atitudes erradas pode parecer socialmente desconfortável, mas se uma criança é mantida com boa auto-estima após o ocorrido, as outras tem mais chances de seguirem o exemplo.

Dê o exemplo

Crianças mais velhas podem se beneficiar de filmes que giram em torno da importância da honestidade. Mostre um filme com uma narrativa que envolva muitas decisões morais à classe, e abra discussões sobre os personagens. Faça perguntas do tipo "e se..." relacionadas aos personagens, e peça-os para reescrever a história para que os personagens façam escolhas mais honestas. Discuta como as vidas podem ser afetadas permanentemente por verdades e mentiras.

Mostre às crianças que você dá valor a honestidade, dizendo a verdade. Seu comportamento honesto mostrará a elas que viver com integridade não é apenas algo para personagens de um filme. Se te testemunharem mentindo, você cairá no método de ensino de pais e mestres "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço", que particularmente não é o método mais efetivo de todos. Quando damos o modelo de comportamento exemplar para as crianças, mostramos a elas o que esperamos delas.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...