O que cachorros não podem comer?

••• Getty Images

Os cães são e sempre serão os melhores amigos do homem, mas nem sempre foi assim. Muitas pessoas não têm dinheiro suficiente para dar a eles uma alimentação balanceada. Algumas delas dão aos bichinhos alimentos muito prejudiciais, mesmo sem saber. Eles podem ser muito comuns e saudáveis para seres humanos, mas, para cães, podem causar problemas e, em alguns casos, até a morte. Quanto maior for o porte do animal, maior será a quantidade de alimento necessária para afetá-lo.

Overview

Os cães são e sempre serão os melhores amigos do homem, mas nem sempre foi assim. Muitas pessoas não têm dinheiro suficiente para dar a eles uma alimentação balanceada. Algumas delas dão aos bichinhos alimentos muito prejudiciais, mesmo sem saber. Eles podem ser muito comuns e saudáveis para seres humanos, mas, para cães, podem causar problemas e, em alguns casos, até a morte. Quanto maior for o porte do animal, maior será a quantidade de alimento necessária para afetá-lo.

Chocolate

Getty Images

O chocolate é um dos nossos alimentos favoritos, mas não são bons para os cães, pois pode ser fatal para nossos animais. Essa guloseima contém teobromina, substância capaz de aumentar a frequência cardíaca e estimular o sistema nervoso central desses animais.

Ossos pequenos

Getty Images

Nunca se deve dar aos cães ossos pequenos, como os de pássaros, vitela ou coelhos, que podem ser muito perigosos para os animais de estimação. É provável que os ossos pequenos acabem presos atravessados na garganta do animal, possivelmente resultando em danos e exigindo cirurgia emergencial para extração. Por isso, é importante que os únicos ossos aos quais eles tenham acesso sejam aqueles feitos para cães.

Cebola

Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

A cebola é a verdura mais nociva de todas, pois contém dissulfetos, que causam danos aos glóbulos vermelhos, provocando falta de oxigênio e anemia. Com isso, nosso animal pode morrer rapidamente ou sofrer com problemas hepáticos, dificuldade para respirar, dermatites e descoloração da urina. O alho produz o mesmo efeito nocivo da cebola.

Leite

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Apesar de algumas pessoas terem o hábito de dar leite a seus animais, provavelmente não sabem que eles têm intolerância à lactose. Os cães não possuem as enzimas adequadas para a quebra do oligossacarídeo lácteo, conhecido como lactose. Isso pode resultar em diversos problemas estomacais, como diarreia, vômito e gastroenterite.

Uva

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

As uvas parecem inofensivas, mas essas pequenas frutas podem causar muitos problemas no organismo dos cães. Seu consumo em grandes quantidades causa intoxicação, já que os resíduos deixados no corpo podem causar problemas renais. A toxicidade das uvas está especificamente nas sementes, que são muito nocivas para eles.

Presunto e carnes salgadas

Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images

O presunto e as carnes salgadas podem causar obesidade em nossos animais de estimação devido à gordura que contêm. Além disso, a grande quantidade de sal presente nesses alimentos pode provocar desconfortos estomacais e pancreatite.

Álcool

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Deixe o álcool para tomá-lo apenas com os amigos e jamais brinque de dar um coquetel para seu animal de estimação. Isso é extremamente nocivo, pois eles se intoxicam rapidamente e podem ficar agressivos e nervosos. Eventualmente, uma grande quantidade de álcool pode provocar o colapso dos sistemas nervoso central, cardíaco e respiratório dos animais

Abacate

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Isoladamente, o abacate é um alimento muito rico em gorduras, tanto para seres humanos como para animais de estimação. No entanto, sua polpa, semente e casca contêm persin, um derivado de ácidos graxos extremamente tóxico para cães e diversos outros animais. Ele pode provocar vômito e diarreia.

Uvas-passas

George Doyle/Stockbyte/Getty Images

O consumo de uvas-passas pode causar danos severos aos rins de cães. Como resultado, o organismo sofreria uma insuficiência renal grave. Os efeitos nocivos do fruto seco são mais acentuados nos filhotes do que em cães com maior idade.

Cafeína

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

A cafeína é muito nociva por conta das metilxantinas, encontradas no grão de café e também na semente do cacau. Em nossos animais, elas provocam diarreia, vômito, sede excessiva, respiração ofegante e hiperatividade. É importante lembrar que não é apenas o café que contém essas substâncias. Outras bebidas que contêm cafeína incluem alguns refrigerantes e energéticos, além de antitérmicos e analgésicos para uso humano. Por isso, nem pense em medicar seu pet com remédios da sua farmácia.

Mais recentes

×