×
Loading ...

Cães: tumores nos dedos

Em um dia comum, você está descansando com seu cachorro com as patas dele no seu colo quando, de repente, entre os dedos, está visível o que parece ser um tumor. A morte por câncer é o seu primeiro pensamento. Ao invés de simplesmente pensar no pior cenário possível, respire fundo e prepare-se para aprender sobre tumores nos dedos dos cães.

Um tumor crescendo na pata do seu cão nem sempre é indicativo de câncer (grey dog feet image by Paul Retherford from Fotolia.com)

O tumor

Segundo o blog mantido pela Embrace Pet Insurance, os tumores nos dedos são, na verdade, bem comuns em cachorros e estão entre as causas principais de amputações. Felizmente, nem todos os calombos na pata canina são cancerígenos. Daqueles que realmente são, o carcinoma das células escamosas, o melanoma maligno, os mastócitos e os sarcomas dos tecidos moles são os mais comuns.

Loading...

O pior quadro

O carcinoma, embora seja a forma mais comum de um tumor maligno, também é o mais difícil de tratar, uma vez que ele é particularmente invasivo. Já o das células escamosas começa na pele ao redor da unha e, com frequência, afeta os ossos e tecidos do entorno, de acordo com o site PetMD. Geralmente, ele afeta apenas um dedo e pode parecer um pequeno nódulo vermelho ou uma bolha, mas sem qualquer fluido.

A melhor hipótese

O que você, de início, acha que é um tumor cancerígeno, pode ser nada mais que um depósito inofensivo de cálcio. Se o seu cão lamber muito a área e isso resultar em uma infecção, seu veterinário pode recomendar o uso de uma pomada. Do contrário, ele pode dar alta para o animal.

Algumas raças são mais propensas à gota, que pode se manifestar como um calo nas patas. Provavelmente, o veterinário checará essa condição.

Diagnóstico

Antes que o tumor nos dedos apareça, será necessário providenciar ao veterinário o histórico de saúde completo do seu cachorro. O site PetMD recomenda mencionar quaisquer ferimentos observados no animal ultimamente, mesmo que você ache que foram causados por acidentes em ambientes externos. Seu veterinário procurará sinais de outros tumores e pedirá um hemograma. Ele também pode extrair uma amostra de fluido linfático. A pata será radiografada, bem como outras partes do corpo, como o peito, de forma a procurar por tumores internos. Por fim, o profissional fará uma biópsia na massa presente nos dedos do animais.

Tratamento

O tratamento dependerá do tipo de massa existente. Um tumor maligno que não se espalhou para outras partes do corpo pode requerer uma amputação do dedo. Os cães tendem a se recuperar bem desse tipo de procedimento e logo estarão andando novamente. Se o câncer se espalhou, a quimioterapia é uma recomendação também. Se a gota encontrada for um problema, o médico sugerirá mudanças na alimentação e uma medicação.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...