O que causa a fumaça preta quando acendemos uma vela?

••• Jorge Salcedo/iStock/Getty Images

O uso de velas em diversas ocasiões é comum nos lares brasileiros. Elas são vendidas em muitas formas: decoradas, litúrgicas e de aniversário, sendo que velas em recipientes, votivas e cilíndricas são as mais populares. Mais de um bilhão de quilos de cera são utilizados na produção de velas apenas nos Estados Unidos, e as fragrâncias são a característica mais importante na hora da compra.

Velas perfumadas

fotokris/iStock/Getty Images

As velas perfumadas têm uma concentração maior de óleos e são a principal fonte de fumaça negra, resultando em fuligem quando queimam. A maioria dos óleos perfumados utilizados nessas velas são hidrocarbonetos insaturados, que são líquidos à temperatura ambiente. Como resultado, a cera é mais macia e não queima a temperaturas tão altas. Quanto menor a temperatura de queima da vela, mais fuligem ela produz.

A chama

Craig Foster/iStock/Getty Images

Uma pequena chama estável tem uma taxa menor de emissão de fumaça preta do que uma chama bruxuleante maior que queima com partículas pretas visíveis. O ar ao redor da vela acesa faz com que isso aconteça. É por isso que velas em frascos de vidro causam mais fuligem — à medida que a vela queima o oxigênio necessário diminui. Além disso, a fumaça negra ocorre quando apagamos a vela mas não aparamos seu pavio. Isso pode fazer com que ele fique em brasa. Velas em brasa criam uma fumaça que contém partículas não queimadas.

O pavio

kruwt/iStock/Getty Images

Aparar o pavio da vela deixando-o com 0,5 cm ou menos reduzirá a fuligem preta e permitirá que a vela queime de forma mais limpa. Uma causa comum de fumaça preta é um pavio longo demais. A chama não consegue queimar toda a cera com a qual entra em contato.

Correntes de ar

Ammit/iStock/Getty Images

Correntes de ar podem tornar a combustão irregular ou incompleta, causando breves nuvens de fumaça negra, compostas principalmente de carbono. Uma chama estável mostra que a vela está queimando corretamente.

Advertência sobre chumbo tóxico

studioportosabbia/iStock/Getty Images

O chumbo foi um metal comumente usado em pavios de velas, até 1974, quando a indústria ofereceu-se para descontinuar seu uso. O metal ajudava a manter o pavios de velas de algodão em linha reta. Isso, no entanto, resultou em concentrações não-recomendadas do metal em ambientes internos, e em partículas sendo espalhadas nas casas, resultando em fuligem e acúmulos de metal. Apesar da proibição voluntária, o chumbo ainda pode ser encontrado em alguns pavios.

Mais recentes

×