Como começar uma escola Montessoriana

••• School Supplies image by ne_fall_photos from Fotolia.com

Abrir uma escola Montessoriana exige planejamento cuidadoso por pelo menos um ano. Por exemplo, encontrar a localização e professores qualificados é algo a ser levado em consideração. Em 1907, o programa de educação Montessoriano foi criado pela Dra. Maria Montessori, que estudou o desenvolvimento da aprendizagem da criança. O programa escolar inclui a autoaprendizagem, três horas ininterruptas de trabalho e estimula, entre outras coisas, o aprendizado em um grupo misto. Alguns benefícios do programa incluem os resultados dos testes padronizados e alunos bem disciplinados. Abrir uma escola nestes moldes inclui observar uma já em funcionamento.

Passo 1

Encontre o local para a escola. Decida se você vai comprar ou alugar o local. Ele deve atender aos critérios para passar na vistoria do corpo de bombeiros, sendo assim um ambiente seguro para as crianças. Sugere-se que tenha uma área ao ar livre. Normalmente, as escolas Montessorianas são para crianças pequenas (isto é, de 3 a 6 anos) e para adolescentes (de 13 a 15 anos de idade).

Passo 2

Tire os alvarás e autorizações para operar legalmente. Isto pode variar de acordo com o município, estado e diretorias de ensino locais. Verifique o site da diretoria de ensino local para começar. Além disso, a verificação de antecedentes deve ser feita em todos os potenciais contratados. Confirme as informações profissionais dadas e o passado de cada um.

Passo 3

Contrate professores formados e conhecedores da filosofia. Aqueles sem formação podem buscá-la de duas maneiras, na Associação Montessori International (AMI, com uma filial nos EUA chamada AMI-EUA) ou a American Montessori Society (Sociedade Americana Montessoriana), AMS. A formação Montessoriana varia entre 200 a 600 horas de curso, onde se aprende os princípios de desenvolvimento da criança e da filosofia, com os usos dos materiais Montessorianos de sala de aula.

Passo 4

Monte o currículo baseado nos pré-requisitos estabelecidos pelo seu Estado. As escolas Montessorianas ensinam individualmente e incentivam grupos de aprendizagem de diferentes idades. Por exemplo, crianças com três anos de diferença uma das outras trabalham juntas no mesmo ambiente de aprendizagem. As escolas Montessorianas não têm padrões tradicionais e os professores mantêm um registro escrito com o progresso de seus alunos ao invés das notas. Para saber mais sobre como acontece o ensino Montessoriano, consulte a seção de referências.

Passo 5

Compre os equipamentos e as ferramentas necessárias para a escola. A ideia é permitir que os alunos façam as atividades da vida real em vez de simulá-las (por exemplo, preparação de refeições simples). Em vez dos alunos aprenderem a cozinhar na teoria, eles têm a oportunidade de fazê-lo eles mesmos, com supervisão. Portanto, equipamentos especiais serão necessários para dar com eficiência a experiência Montessoriana aos alunos.

Passo 6

Comece a matricular alunos e defina a taxa de matrícula. As matrículas devem ser abertas o mais tardar até o final do inverno, a fim de que você possa se preparar para o ano letivo. As mensalidades variam de acordo com as condições econômicas da região e do custo de pessoal. Crie folhetos e reuniões informativas para ajudar os pais a entender o ambiente de aprendizagem Montessoriano.

Mais recentes

×