×
Loading ...

Como fazer com que crianças e adolescentes parem de lhe responder de forma malcriada

De acordo com o teraputa infantil behaviorista, James Lehman, as crianças e os adolescentes têm várias razões para responder de forma malcriada aos adultos, e isso geralmente é fruto de uma sensação de falta de poder e de frustração. "Seu filho o responde porque sente que algo foi tirado dele", explica Lehman. Crianças pequenas que respondam a ordens tendem a continuar com esse comportamento na adolescência e na vida adulta se a atitude não for tratada no início. Essa atitude é particularmente comum em adolescentes que estão buscando se sentir independentes, de acordo com a revista "Good Housekeeping". A revista afirma que adolescentes tendem a fazerem comentários mais sarcásticos do que crianças, pois isso faz com que eles se sintam como adultos inteligentes.

Instruções

Faça com que as crianças e adolescentes não o respondam de forma malcriada (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  1. Estabeleça formas de controle sobre seu filho. Por exemplo, ofereça à criança uma mesada semanalmente ou mensalmente. Toda vez que ela o responder de forma malcriada, diminua a mesada. Essa estratégia é eficaz tanto para crianças como para adolescentes.

    Loading...
  2. Não responda quando ela o responder de volta, seja a criança pequena ou um adolescente. Responder de volta aumenta a discussão desnecessariamente. Alguns pais vêem a resposta final como uma forma de ensinar seus filhos sobre o que é errado, mas a criança provavelmente já aprendeu a lição antes.

  3. Estabeleça regras para seu filho e fale com ele sobre elas quando vocês dois tiverem tempo e estiverem confortáveis. Conte para sua criança que você só vai explicar uma vez e que não vai discutir sobre o fato. Mesmo que isso possa ser eficaz tanto para crianças pequenas como para adolescentes, estabelecer regras para crianças enquanto elas ainda são pequenas ajuda a prevenir respostas malcriadas quando elas se tornarem adolescentes.

  4. Estabeleça uma hora para seu filho poder questionar sua decisão. Dessa forma ele vai estar mais calmo e vai ter mais tempo para pensar sobre os próprios sentimentos. Isso vai ensiná-lo a questionar uma autoridade de forma apropriada. Adolescentes podem ser especialmente encorajados a criar um caso para apresentar a você, já que isso ensina habilidades de pensamento crítico.

  5. Diga para sua criança ou adolescente que comentários são aceitáveis. Por exemplo, comentários com "dãr", "tanto faz", "e daí?" e "isso é um saco", provavelmente são inaceitáveis para você, mas "eu estou me sentindo frustrado" ou "por favor, me diga por que eu tenho que fazer isso" são aceitáveis.

  6. Ignore sua criança ou adolescente quando ele revirar os olhos ou suspirar. Ao somente chamar atenção das infrações verbais, você indica a severidade da ofensa. Quando você chama a atenção de qualquer comportamento ligado a revirar os olhos ou suspirar, sua criança não vai levar a sério você mandando-a parar.

  7. Não aceite as respostas do seu adolescente achando que isso é um comportamento típico dessa idade. Apesar de ser comum, seu adolescente não deveria estar lhe respondendo. Simplesmente diga para ele que não é legal falar desse jeito e fale para que se desculpe.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...