Como desidratar folhas de louro

••• Thomas Hooke/Demand Media

As folhas de louro crescem em loureiros, que se originam da Ásia Menor, embora essa planta aromática também seja encontrada no Mediterrâneo e em outras regiões de clima similar. As folhas de louro são populares entre os cozinheiros e dão um sabor picante a sopas, ensopados, molhos, massas e legumes. Quando desidratadas, elas são ótimas para serem utilizadas em pot-pourris, guirlandas e sachês, além de exalarem um aroma forte e terroso que perfuma sua casa.

Passo 1

Colha as folhas de louro quando o orvalho da manhã tiver secado e elas não estiverem quentes por causa do sol do meio-dia, seja no meio da manhã ou no início da noite.

Passo 2

Corte ramos grandes da planta com uma tesoura de jardinagem e agite-os delicadamente para remover os insetos.

Passo 3

Remova todas as folhas mortas, doentes ou danificadas, e retire todos os detritos.

Passo 4

Lave os ramos em água fria e agite-os delicadamente para remover o excesso de água. Seque-os cuidadosamente com panos de prato macios, pois as folhas de louro molhadas podem mofar e estragar.

Passo 5

Corte as folhas da parte inferior dos ramos, deixando cerca de 1,2 cm a 2,5 cm do caule desfolhado.

Passo 6

Divida os ramos em grupos pequenos de quatro a seis. Amarre a ponta de um barbante em torno dos ramos de cada grupo e a outra extremidade na base de um cabide de arame, de modo que as folhas de louro fiquem penduradas de cabeça para baixo.

Passo 7

Pendure os cabides com as folhas de louro em uma área seca e quente (24 ºC a 26,5 ºC), onde circule bastante ar. A desidratação completa normalmente demora de duas a quatro semanas.

Passo 8

Armazene as folhas de louro desidratadas dentro de recipientes hermeticamente fechados em um local fresco e seco. Cheque-as todos os dias durante dois a três dias. Se surgir alguma umidade, remova as folhas e deixe-as secar mais.

Mais recentes

×