Como elevar a suspensão da sua picape gastando pouco

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Grandes elevações são grandes negócios nos dias de hoje, assim como sempre foram. Biólogos muito tempo atrás perceberam que os machos das espécies animais quando lutam por superioridade na natureza, geralmente elevavam a parte traseira do corpo o mais alto possível para parecerem maiores e mais ameaçadores para seus adversários. Hoje em dia, a elevação em veículos automotivos é o equivalente a erguer-se na ponta dos pés sobre seu rival, é um modo de mostrar ao mundo o quanto legal e impressionante você realmente é. Porém, vale lembrar que elevar um veículo é apenas um meio para um fim, e fazer isso bem e gastando pouco significa permitir que forma acompanhe função.

Procedimento

Passo 1

Meça o espaçamento do interior do para-lama, da parte dianteira para a traseira; essa medida será o diâmetro máximo dos pneus a um dado chassi. Por exemplo, se a medida da dianteira para a traseira de uma Ford Expedition for 102 cm, então esse é o diâmetro máximo para o pneu. Não se preocupe com a medida vertical, trataremos disso em breve.

Passo 2

Tente colocar os pneus em sua picape. Nós falamos "tentar" porque é quase certo que eles não irão caber no interior do para-lama, e é ai que entram a serra manual, a rebarbadora e o soldador. Comece cortando a chapa metálica do para-lama até que o pneu caiba na abertura, então solde as junções expostas novamente. Esse procedimento de "raiamento" irá lhe permitir conseguir o máximo de elevação no aumento de diâmetro do pneu (o que é bom) sem que a mesma seja excessiva (o que é ruim).

Passo 3

Fixe um conjunto extensor de para-lamas de plástico, que pode ser conseguido no mercado paralelo, para dar a sua picape um acabamento melhor. Existem chances de que nenhum fabricante tenha um conjunto que caiba no automóvel, então você deve procurar por algum que pelo menos chegue perto. Procure pelas grandes extensões de para-lamas oferecidas para o Ford Bronco e Jeep, ambos possuem aberturas para as rodas bem grandes e são geralmente raiadas para uso off-road.

Passo 4

Faça com que alguns amigos fortes empurrem com a maior força possível o carro para baixo e confira o espaço entre o pneu e o topo do para-lama. Subtraia de 2,5 a 5 cm para uma compressão adicional das molas. Esse resultado não pode ser menor que 7,5 cm. Se o pneu esbarrar no para-lama da roda, você precisará de uma elevação de pelo menos 10 cm.

Passo 5

Verifique em baixo do veículo para ter certeza de que a suspensão ou eixos não estão sobre os pivôs de suspensão. Se eles estiverem, retire os pivôs e repita o teste.

Passo 6

Instale um conjunto maior de molas dianteiras e de blocos de elevação traseiros, que lhe darão o espaço suficiente para a compressão total da suspensão, e verifique com seu fabricante se as novas molas possuem a mesma elasticidade das antigas. Não se preocupe com a altura total do veículo, já isso será resolvido automaticamente. Concentre-se apenas no espaçamento dos pneus no interior do para-lama.

Passo 7

Reinstale os pivôs da suspensão. Essas peças irão parar a suspensão antes que os pneus atinjam o para-barro. Você pode até cortar seus pivôs de fábrica para ajustá-los na altura correta, mas existem chances de que isso não seja necessário a menos que os pneus atinjam o topo do para-lama durante seu teste de compressão.

Mais recentes

×