Como medir milivolts com um multímetro

••• Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images

Quando se deseja medir corrente elétrica, deve-se usar um amperômetro; para resistência, um ohmímetro, e, para voltagem, um voltímetro. O multímetro reúne todas essas funções em um só aparelho. Ele tem um disco na frente para selecionar a função e a sensibilidade desejadas, e uma tela de LCD que mostra a leitura. Para medir a voltagem passando por um elemento do circuito, conecta-se as ponteiras em paralelo ao elemento. Na configuração de voltagem, o medidor tem alta resistência, de forma que a corrente que passa por ele é muito baixa.

Passo 1

Conecte o fio preto que vem com o multímetro no soquete na parte da frente do aparelho onde se lê COM, que é abreviação de "Common". Conecte o fio vermelho no soquete onde se lê VΩmA. Geralmente, é o do meio. O soquete de cima, onde se lê 10A, raramente é usado.

Passo 2

Gire o disco para selecionar voltagem. Essa seção geralmente é indicada com a legenda V=. Há uma seleção de sensibilidade. Escolha a configuração menos sensível de milivolts (mV). Essa configuração é a que vai medir o maior número de milivolts.

Passo 3

Encoste a ponteira vermelha em um terminal do elemento do circuito cuja voltagem você deseja medir (a voltagem da corrente que passa) e a ponteira preta ao outro. Você também pode encostar as ponteiras nos fios conectados a esses terminais.

Passo 4

Gire o disco para escolher o próximo grau ascendente de sensibilidade se não houver leitura. Se ainda não houver leitura, continue girando até que algo apareça. A leitura será em milivolts. Não é necessário calibrar mais.

Passo 5

Para um multímetro de escala automática, apenas selecione volts (V) com o disco e encoste as ponteiras nos terminais. Ele calibrará automaticamente a sensibilidade e fará uma leitura.

Mais recentes

×