×
Loading ...

Panelas revestidas com Teflon são seguras?

Panelas revestidas com Teflon são comuns nas cozinhas brasileiras. Elas são fáceis para cozinhar e limpar rapidamente, pois as partículas de comida não aderem à panela. Apesar de usar panelas de Teflon ser conveniente, a segurança delas ainda é altamente discutida. Quão seguro é o Teflon? Pesquisas concluem que ele é seguro em condições regulares de cozimento, porém perigosos em altas temperaturas.

Panelas revestidas com Teflon criam uma superfície antiaderente para cozinhar (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

A EPA argumenta que panelas revestidas de Teflon são seguras

A preocupação com a segurança de panelas revestidas com Teflon começou em 1999, quando a Environmental Protection Agency (Agência de Proteção Ambiental americana, EPA) começou a investigar o potencial risco à saúde do ácido perfluorooctanoico (PFOA), o químico sintético que é usado para tornar as panelas revestidas com Teflon escorregadias. O PFOA têm sido associado às causas de câncer em animais de laboratório. Apesar do fato do PFOA ser um químico usado no processo de fabricação das panelas de Teflon, a EPA concluiu que apenas traços desse químico estão presentes em produtos de Teflon. A agência governamental concluiu que o uso de produtos de cozinha de Teflon no cotidiano não apresenta risco à saúde.

Loading...

Panelas revestidas com Teflon não são seguras em altas temperaturas

Sob condições normais de cozimento, usar panelas e frigideiras revestidas com Teflon é seguro. A DuPont, a companhia que fabrica o Teflon, recomenda que você não cozinhe com sua panela antiaderente a temperaturas maiores do que 260 ºC.

Se a panela de Teflon for aquecida a essas temperaturas extremas, o revestimento começará a deteriorar e perder sua característica antiaderente, além da panela poder começar a liberar gases perigosos.

Cozinhar óleo, manteiga e gorduras começará a queimar e soltar fumaça quando a temperatura alcançar cerca de 204 ºC. Cozinheiros caseiros não devem preocupar-se em alcançar essas temperaturas perigosas, pois a comida começará a queimar até um estado não mais comestível quando a temperatura passar de 200 ºC.

Para manter-se dentro dos limites de segurança, nunca deixe seus utensílios de Teflon superaquecerem. Use a temperatura baixa ou média em vez de alta ao cozinhar com panelas de Teflon.

Gases liberados com o superaquecimento do Teflon podem causar sintomas leves

Se você deixar a sua panela de Teflon superaquecer, os gases liberados no ar podem produzir sintomas como os da gripe. Esse fenômeno é chamado de febre do fumaça de polímero, ou gripe do Teflon. Os sintomas da gripe Teflon incluem dificuldade em respirar, febre, calafrios, dores nas juntas e sensação de sufocamento. O sintomas são de curto prazo e normalmente somem dentro de um ou dois dias.

Não existem efeitos a longo prazo conhecidos da febre da fumaça de polímero pois apenas alguns casos foram registrados nos últimos 40 anos.

Partículas de utensílios de Teflon não são perigosas

Uma vez que uma panela antiaderente de Teflon comece a descascar, está na hora de comprar uma nova. As partículas, ou flocos, de uma panela antiaderente não são perigosas, mesmo se forem acidentalmente ingeridas.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...