Penteados vintage para mulheres

••• Getty Images

Os dourados anos 1920, os anos 1960 e sua revolução pacífica, os anos 1980 e o despertar da era digital... décadas de efervescência criativa que voltam em plena Era Digital através da moda vintage e que tentam fazer você abandonar o século XXI para desarrumar seus cabelos com os ventos históricos que impactaram as gerações anteriores. Os cortes e estilos de penteado de outrora voltam para dar a seu cabelo esse toque romântico e boêmio do vintage. Aqui apresentamos alguns.

Overview

Os dourados anos 1920, os anos 1960 e sua revolução pacífica, os anos 1980 e o despertar da era digital... décadas de efervescência criativa que voltam em plena Era Digital através da moda vintage e que tentam fazer você abandonar o século XXI para desarrumar seus cabelos com os ventos históricos que impactaram as gerações anteriores. Os cortes e estilos de penteado de outrora voltam para dar a seu cabelo esse toque romântico e boêmio do vintage. Aqui apresentamos alguns.

A revolução do cabelo curto nos anos 1920 ou o estilo "joãozinho"

Ralf Nau/Digital Vision/Getty Images

O cabelo curto chegou nos 1920 para ficar. Marcou uma revolução na imagem feminina, de uma mulher empreendedora, atrevida e independente que começava a entrar no mercado de trabalho. Ter o cabelo curto era símbolo de uma mulher moderna. Assim nasceu o estilo joãozinho, um tipo de penteado que oferece a comodidade do cabelo curto, baseado no penteado masculino, mas adaptado à mulher que busca equilibrar a beleza com o conforto.

Cachos permanentes

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Fresco, dinâmico e com encanto, este tipo de penteado vintage surgiu graças a um invento que revolucionou o cuidado com o cabelo no início do século passado: a permanente quente, de Carlos Nessler. Desta maneira, os cachos se mantêm mais tempo. Atrizes como Marilyn Monroe os fizeram populares até os dias de hoje.

Cachos ao ritmo do Charlestone ou estilo Cabaré

Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images

De fundo, Joséphine Baker dançando enquanto toca um Charlestone. Continuamos nos dourados anos 1920! Desta vez, com um dos cortes de cabelo mais famosos da época: o estilo Cabaré. É um corte que segue a linha joãozinho, já explicado anteriormente, com graciosos cachos como os de Betty Boop.

Clássico estilo diva do cinema

George Marks/Retrofile/Getty Images

O swing toca nas pistas de dança mostrando as mechas com o glamour das divas de Hollywood do período entre guerras. Assim aparece este penteado sensual e sofisticado que nos convida a imitar atrizes do porte de Vivien Leigh, Maureen O'Hara e Rita Hayworth.

O estilo rockabilly das Pin-Ups

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Ondulações nas mechas soltas ou presas com franjas atrevidas em plena Segunda Guerra Mundial. Assim são os penteados do estilo rockabilly inspirados nas sugestivas e bonitas garotas pin-up ou garotas cheesecake. As cores que predominam são os vermelhos paixão, loiros platinados e os pretos âmbar como o que usa Dita Von Teese.

Pentear os cabelos para trás como Jacqueline Kennedy Onassis

George Marks/Retrofile/Getty Images

Conta-se que Jacqueline Kennedy Onassis, a mais célebre das primeiras damas dos Estados Unidos, tinha cabelo de má qualidade. Ele se encrespava e era muito fino. A solução foi pentear os cabelos para trás, inspirando assim toda uma nova geração de mulheres da década de 1960 e que deixou marcas até hoje.

O estilo hippie e grunge com a estética das Chelsea Girls

Goodshoot/Goodshoot/Getty Images

Cabelos longos e naturais penteados de maneira que pareçam um pouco descuidados. Os estilos hippie e grunge representam a antítese dos penteados anteriores, fugindo do cabelo penteado para trás. Nesta classe de penteado encontramos a estética das Chelsea Girls, inspirada por Nico, a musa de Andy Warhol, que era do bairro londrino de Chelsea.

O estilo afro

Polka Dot RF/Polka Dot/Getty Images

Cachos compactados em um cabelo circular. Os penteados de estilo afro carregam a vitalidade das comunidades afro-americanas dos anos 1960 junto com "I Have a Dream" (Eu tenho um sonho), o famoso discurso de Martin Luther King na Marcha de Washington pelos Direito Civis, e se expandem posteriormente aos anos 1970 com divas como Roberta Flack ou Diana Ross até os dias de hoje.

Vintage ciberpunk estilo Blade Runner

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

"Como lágrimas na chuva", assim começa um dos encontros mais famosos da história do cinema. Pertence a Blade Runner, o mítico filme de ficção científica de Ridley Scott, que ganhou, entre outros, o prêmio de melhor desenho de roupas no BAFTA de 1982. E estava cheio de penteados vintage com um toque cibernético que podem te inspirar para ter um penteado de estética futurista com raízes nostálgicas.

Mais recentes

×