×
Loading ...

Quais são as causas de arroto excessivo?

Arrotos são uma resposta física normal que todo mundo às vezes tem. Eles são um dos modos pelos quais as pessoas forçam o excesso de ar e gases do trato intestinal. Enquanto arrotos ocasionais não são vistos como nocivos, os excessivos podem ser um sinal de problemas estomacais que precisam de tratamento. Avaliar o estilo de sua dieta e saúde em geral pode ajudá-lo a determinar a causa de arrotos frequentes.

Arrotos são uma forma de liberação de gases do trato intestinal (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Engolindo ar

Engolir grandes quantidades de ar pode causar arrotos mais frequentes. Pessoas que comem muito rápido, consomem bebidas carbonatadas (como refrigerantes e cerveja) — especialmente com um canudo — e mascam chiclete são propensas a arrotar mais que o normal. Fumantes também são um grupo de risco para esse problema, de acordo com a Mayo Clinic. Todos esses hábitos podem levar à ingestão excessiva de ar, o que pode causar dores relacionadas a gases, além dos arrotos.

Loading...

Indigestão

Indigestão e azia podem causar arrotos excessivos. A azia pode ser originada por refluxo de ácido, pode ser um sintoma de úlcera péptica, ou ser um sinal de que a refeição apimentada da noite passada não caiu bem em seu estômago. Quando o ácido vai do estômago para o esôfago, como no refluxo ou na azia, as pessoas geralmente engolem como um modo de aliviar o desconforto e, então, precisam arrotar, de acordo com a Mayo Clinic. A deglutição constante leva a uma maior entrada de ar no corpo, que pode causar ainda mais arrotos.

Gastroparesia

Um problema médico chamado gastroparesia pode levar a arrotos excessivos e é conhecido, às vezes, como esvaziamento gástrico tardio. Isso acontece quando a comida permanece no estômago por mais tempo do que deveria, devido a danos nos músculos estomacais. Esses músculos, quando fracos, não são capazes de empurrar a comida para o próximo estágio da digestão. A comida não digerida que fica no estômago pode causar náuseas, vômitos e também arrotos excessivos.

Tratamento para arrotos excessivos

Pessoas que sofrem de arrotos excessivos podem inibir o desconforto tratando os problemas subjacentes. Comer mais devagar e consumir bebidas sem gás pode ajudar a limitar a quantidade de ar e gás que é ingerida. Tratar a azia com antiácidos isentos de receita, que reduzem o refluxo de ácido, também pode diminuir os episódios de arrotos. Se essas medicações não reduzirem a azia e arrotos, um exame físico com um médico pode ser necessário. O diagnóstico de úlceras, gastroparesia e outras desordens estomacais pode levar ao tratamento apropriado e diminuir os episódios de arroto.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...