Quais os níveis de fosfatase alcalina em cães?

••• dog image by Mat Hayward from Fotolia.com

A fosfatase alcalina consiste de enzimas hepáticas importantes que são detectadas durante exames sanguíneos. Os altos níveis dessa substância podem ser um indicativo de uma série de problemas que exigem tratamento apropriado.

Definição

A fosfatase alcalina se origina de uma variedade de tecidos encontrados no corpo do cão. Ela consiste de enzimas, em sua maioria secretadas pelo fígado e pelos ossos.

Método

blood sample image by Glenn Jenkinson from Fotolia.com

Os valores dessa substância são determinados através de um exame sanguíneo conhecido como perfil bioquímico. Ele avalia a funcionalidade dos órgãos internos, mede os eletrólitos e determina a quantidade de enzimas que circulam no corpo.

Valores

Os valores normais devem variar entre 23 a 212 U/L (unidades por litro), de acordo com o website Dogcancer.net. No entanto, tais valores podem diferir de um laboratório para outro e, por isso, não devem ser considerados como padrão.

Importância

Altos níveis de fosfatase alcalina podem ser um indicativo da doença de Cushing, hiperplasia nodular hepática, obstrução do duto biliar, doença óssea, câncer ou resultado da administração de esteroides ou fenobarbital. Níveis baixos podem revelar desnutrição e fome.

Considerações

Mesmo que níveis elevados dessa substância pareçam alarmantes, às vezes eles podem não gerar quaisquer sinais clínicos. Nesses casos, após ter descartado a possibilidade de doenças sistêmicas, o cão normalmente é monitorado até que apareçam sinais clínicos (se existirem), de modo que possa ser iniciado o tratamento adequado.

Mais recentes

×