×
Loading ...

Quais são os riscos de se tomar o Zoloft e o Cymbalta juntos?

Medicamentos são complicados. Os médicos passam anos estudando para aprenderem qual é a melhor maneira de tratar as doenças, mas isso não significa que que eles sempre se lembram de informar aos pacientes sobre todos os riscos relacionados à interação medicamentosa. Isso é especialmente verdade se o paciente recebe receitas de mais de um médico. Drogas usadas para tratar a depressão e transtornos do humor afetam os pacientes de formas diferentes, mas é importante estar informado sobre interações conhecidas quando tomar Cymbalta e Zoloft ao mesmo tempo.

Antidepressivos (Avoid prescription drug interactions.)

Classificação

Tanto o Cymbalta quanto o Zoloft são medicamentos de marca usados sobretudo para tratar a depressão. Ambas as drogas são conhecidas como antidepressivas e servem como potentes inibidores de dupla ação da recaptação de serotonina e norepinefrina. O Zoloft, contudo, está frequentemente na classe das drogas conhecidas como ISRSs ou inibidores seletivos da recaptação de serotonina. A farmacologia clínica atual, até agora, não foi capaz de determinar o mecanismo de ação pelo qual o Cymbalta melhora ou estabiliza o humor do paciente e nem identificar como a duloxetina contida no Cymbalta afeta os seres humanos. Apesar disso, o FDA aprovou ambas as drogas para o tratamento da depressão grave.

Loading...
Inibidores seletivos da recaptação de serotonina

Efeitos da interação

O Cymbalta contém duloxetina e o Zoloft contém sertralina, e a combinação dessas duas drogas cria o que os farmacêuticos descrevem como "uma grave interação medicamentosa." Usadas juntas elas apresentam o risco do paciente desenvolver a "síndrome serotoninérgica." Embora rara, essa é uma condição grave que pode resultar em morte causada pela hiperestimulação do tronco encefálico do paciente.

Tronco encefálico

Prevenção

Os médicos geralmente evitam prescrever mais de uma droga serotoninérgica ao paciente por causa dos riscos envolvidos nesses coquetéis medicamentosos mas, quando o fazem, eles avaliam se os benefícios superam os riscos. Se um paciente tomar Cymbalta e Zoloft juntos, ele deve ser monitorado atentamente para os sinais da síndrome serotoninérgica.

Tratamento

É importante que os pacientes que estão parando de tomar um medicamento serotoninérgico informem seu médico pois algumas dessas drogas têm um efeito prolongado. Pode haver risco de morte se o médico prescrever uma segunda droga serotoninérgica sem saber se a droga tomada anteriormente ainda não tenha sido eliminada do corpo do paciente. Com um monitoramento atento, os sinais da síndrome serotoninérgica podem ser tratados rapidamente pelo médico e a combinação de drogas.

Considerações

Enquanto o Zoloft e o Cymbalta são duas classes de medicamentos usados frequentemente para tratar a depressão, existem várias outras drogas disponíveis que apresentam um menor risco de interação. É importante conversar com seu médico sobre os efeitos colaterais que você sente ao iniciar uma nova medicação em particular, ajustar a dose ou combinar com outra droga. Níveis de tolerância variam de paciente para paciente assim como a gravidade dos efeitos colaterais ao tomar o medicamento. Psiquiatras reconhecem que o tratamento de doenças mentais com medicação está mais para a arte do que para a ciência.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...