×
Loading ...

Como talhar rocha ou pedra

Entalhe em pedra é uma atividade antiga. Enquanto muitos artistas agora talham mais por diversão e decoração do que por necessidade e apesar de as técnicas terem melhorado, muita coisa permanece igual. Entalhar pedra não necessita de materiais pesados, a não ser que sua escultura seja particularmente grande. Comece com algo pequeno e depois avance para algo maior e mais complexo, conforme for melhorando suas habilidades de escultura.

Instruções

Forme um objeto de pedra (Photos.com/Photos.com/Getty Images)
  1. Selecione um projeto. Encontre uma pedra que sugira um design a você pela cor ou pelos grãos ou comece com uma ideia de design. Modele em argila, para definir os detalhes, e encontre uma pedra que se adapte à sua ideia.

    Loading...
  2. Escolha um pedra. Muitos tipos diferentes de pedras e rochas estão disponíveis e são apropriados parar entalhar.

    A esteatite possui uma composição de talco e tem a sensação de ser um pouco escorregadia, como sabão. Ela é macia o suficiente para ser talhada com um faca. A facilidade de talhar somada com a capacidade da pedra de segurar detalhes pequenos e ser polida faz dela uma opção ideal para seu primeiro entalhe.

    O alabastro também é uma pedra macia, mas tem a tendência de lascar ou rachar entre buracos dentro da pedra que nem sempre aparecem. Um polimento bem acabado pode destacar suas lindas cores e seus padrões. Use uma máscara, ao trabalhar com alabastro.

    O calcário é fácil de talhar e recebe bem detalhes pequenos. Ele também é forte o suficiente para suportar cortes internos. Calcário possui um grão muito definido e quando é entalhado facilmente quebra no sentido dos grãos ou das "dobras". Ao ser entalhada por grão, a pedra será menos confiável. Diferente de muitas outras pedras, o calcário não detém um polimento. Ele funciona bem para esculturas ao ar livre.

    O arenito, assim como o calcário, possui um grão distinto, que permite uma fácil remoção de lascas. Porém, entalhar arenito é equivalente a usar lixa em suas ferramentas e tende a cegá-las rapidamente. Você deve usar uma máscara quando trabalhar com arenito, devido ao teor de sílica.

    Mármore, apesar de ser moderadamente difícil de trabalhar, suporta detalhes, possui centenas de cores e brilha sob um elevado polimento. Essas qualidades o tornaram a primeira opção de escultores por milênios. Use-o apenas para esculturas internas, pois elementos externos deterioram a superfície e corroem a pedra em apenas alguns anos.

    Granito é a pedra mais dura para entalhar. Ao invés de entalhar com martelo e cinzéis, use ferramentas de pontas de carboneto, serras de diamante e moedores. O granito pode ter um grão muito fino ou um muito grosso. Possui várias cores, pode ser altamente polido e dura ao ar livre. Muitas lápides são talhadas em granito. Use uma máscara quando trabalhar com granito, devido ao teor de sílica.

  3. Selecione suas ferramentas. Dependendo do tipo de pedra que você está talhando, precisará de algumas ou todas as ferramentas a seguir: martelos (pesado para retirar pedaços grandes, médios para entalhe geral e leve para detalhes mais pequenos), cinzéis (ponteiro para desbastar sua escultura, dentado para refinamento, plano e de ponta arredondada, para alisamento, e preparo da pedra, para acabamento) e cinzel de alvenaria, para remover grandes pedaços de granito. Para granito, você também precisará de serras de diamante, ferramentas elétricas de ponta de carboneto e um compressor de ar. Para furar a pedra, precisará de uma furadeira elétrica com ponta de carboneto.

    Também será necessária uma bancada de trabalho forte o suficiente para aguentar pedras pesadas sem quebrar a mesa.

  4. Mantenha o equipamento de segurança apropriado em mãos. Óculos de segurança, máscaras, protetores de ouvido, luvas à prova de choque e um kit de primeiros socorros bem equipado precisam estar ao alcance, para segurança máxima.

  5. Decida se prefere criar uma escultura em alto relevo, onde talha-se uma imagem que se destaca de uma superfície plana ou uma escultura tridimensional, que você possa ver de todos os lados.

  6. Determine a direção dos grãos da pedra. Ela tende a rachar ao longo do grão ou de dobras, facilmente. Desenhe a escultura para que o grão da escultura corra ao longo do comprimento da escultura. Lembre-se de talhar qualquer detalhe pequeno. Se o grão estiver correndo ao contrário, poderá quebrar. Esboce seu projeto na parte plana da pedra, para um alto relevo, ou em todos os lados, para uma escultura tridimensional.

  7. Esboce a escultura com o cinzel de alvenaria, batendo o topo dele com um forte golpe com o martelo. Incline-o para a borda da pedra que você deseja remover. Use os cinzéis para cortar linhas paralelas de 3 cm de distância, evitando ir muito fundo na pedra. Hachure os cumes feitos e use o cinzel para retirar os cumes hachurados. Continue com esse processo, removendo o que você não quer que permaneça na escultura final. Trabalhe toda a escultura no mesmo nível, em todos os lados, para mantê-la uniforme. Isso o ajudará a visualizar a escultura finalizada. Ao obter a forma aproximada, use o cinzel dentado para refinar mais, o de ponta arredondada para fazer cortes côncavos e o cinzel plano para suavizar a textura deixada pelo cinzel dentado.

  8. Termine e lustre a escultura. Para pedras mais macias, as grosas modelam e alisam os contornos da escultura final. Use lixa de carboneto de silício molhada e seca para polimento. Comece com as lixas grossas (40-80), depois as médias (150-320) e termine com as mais finas (400-1500). Isso traz os fantásticos padrões e cores da pedra à mostra.

Loading...

Dicas

  • Segure o cinzel em um ângulo de 45º. Um ângulo maior apenas machuca a pedra. Um ângulo menor apenas salta pela superfície.

O que você precisa

  • Pedra
  • Martelos
  • Óculos de proteção
  • Máscara (opcional)
  • Lixa
  • Moedor
  • Protetores de ouvido
  • Luvas à prova de choque
  • Kit de primeiros socorros

Referências

Loading ...
Loading ...